Notícias Adventistas

Natal: Oliveira III doa mais de uma tonelada de alimentos a famílias carentes

O tradicional Mutirão de Natal - realizado pelas igrejas adventistas em todo o Brasil sempre no final do ano - arrecadou mais de uma tonelada de alimento em dois meses de campanha na Igreja Adventista do Oliveira III, de Campo Grande (MS).

23 de dezembro de 2015

Campo Grande, MS…[ASN] No último sábado (19), a igreja adventista do Oliveira III deixou mais feliz o Natal de aproximadamente 40 famílias carentes da região Oeste da cidade. O tradicional Mutirão de Natal – realizado pelas igrejas adventistas em todo o Brasil sempre no final do ano – arrecadou mais de uma tonelada de alimento em dois meses de campanha. “Demos início à captação de alimentos no final do mês de outubro e com a ajuda das cantatas de Natal realizadas pelo Colégio Adventista Campo-Grandense (CAC), conseguimos um bom número de alimentos arrecadados”, conta a líder Ação Solidária Adventista (ASA) para a igreja do Oliveira III, Lucineia Menocci.

Família carente de Campo Grande recebe cesta de alimentos da Igreja do Oliveira III.

Família carente de Campo Grande recebe cesta de alimentos da Igreja do Oliveira III.

 

À frente do departamento há três anos, ela conta que o envolvimento dos membros é o que fez do Mutirão de Natal da igreja tão expressivo. “Toda a igreja se movimentou, doou recursos e foi atrás, então, o resultado é por conta desse trabalho coletivo”, enumera.

Uma tonelada de alimentos

De acordo com a líder, quando o departamento notou que as doações atingiram a marca de uma tonelada de alimentos, decidiu então doar parte da arrecadação para outra igreja, localizada em um bairro carente da região. “Conseguimos dividir os recursos entre duas igrejas, a nossa, e a do bairro Aquarius, onde outras famílias foram beneficiadas”, comenta.

No total, até agora cerca de 40 famílias – algumas previamente cadastradas e outras que receberam a cesta no dia aleatoriamente – foram beneficiadas com o mutirão da igreja do Oliveira III. “Fazemos visitas pelo bairro, e nessas visitas conversamos com a família, perguntamos a renda e vemos a necessidade que eles têm. Perguntamos ainda pela quantidade de crianças que a casa tem, pois trazemos junto com as cestas brinquedos para as crianças”, conta a líder.

Lucineia Menocci, diretora da ASA, entrega alimentos e brinquedos a família carente de bairro próximo à igreja.

Lucineia Menocci (diretora da ASA), e membros da igreja, entregam alimentos e brinquedos a família carente de bairro próximo à igreja.

E para quem acredita que atitudes como essa valem muito, Neia – como é carinhosamente apelidada – é enfática. “Fica o sentimento de dever cumprido, mas, ao mesmo tempo, mais alto ainda é o sentimento de que a cada dia a gente pode fazer um pouco mais pelo outro. Sempre há um tipo de coisa que podemos fazer pelas famílias, não é só doação de alimento, é um abraço, uma conversa, tempo dedicado a eles. Oro a Deus para que Ele me capacite para eu fazer muito mais, porque o que faço é pouco”, resume.

Sobre o trabalho que leva um pouco mais de esperança à população de Campo Grande, o resultado para quem está do lado de cá, tem seus motivos para ser também satisfatório. “Ver o sorriso deles é a nossa melhor recompensa. As famílias se emocionavam em cada casa, abraçavam a igreja, cantavam conosco. Tudo isso nos mostra o verdadeiro sentido do trabalho que realizamos. E a mensagem que fica para cada pessoa envolvida na ação é de que mais do que famintos pelo alimento, eles estão sedentos pelo abraço, pelo carinho dispensado a eles, pela companhia e, isso, realmente não tem preço”, conclui. [Equipe ASN, Rebeca Silvestrin]

Fotos: Lucineia Menocci.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox