Notícias Adventistas

Jovem adventista realiza sonho após acidente que o deixou paraplégico

Aos 22 anos, Tiago Avelino superou o fato de estar numa cadeira de rodas e contou sua história de superação para mais de 1800 jovens no Espírito Santo.

14 de julho de 2014
O jovem Tiago Avelino falou para mais de 1800 desbravadores

O jovem Tiago Avelino falou para mais de 1800 desbravadores

Espírito Santo, ES… [ASN] Aos 22 anos, Tiago Avelino dá cursos bíblicos, prega, canta e emociona com as palavras. Tudo isso seria normal para um cristão, não fosse o fato de o jovem ser paraplégico e passar grande parte de seu tempo numa clínica de reabilitação física. No 23º Campori da Associação Espírito Santense (AES), ele contou sua história e realizou um sonho: falar para centenas de desbravadores sobre o que Deus tem preparado para cada um. Após a exibição de um vídeo com seu testemunho, ele entrou de surpresa, no meio de mais de 1800 jovens, causando grande emoção. Na ocasião, Tiago foi investido em líder de desbravadores, fato que ele não esperava.

Sua história de lutas começou na infância. Filho de pais separados, Tiago morou grande parte de sua vida com o pai, no Estado do Pará. Voltou à Bahia, onde nasceu, e conheceu o Clube de Desbravadores, local em que foi batizado. Sempre foi dedicado à Igreja, cantava e pregava. Em dos períodos em que colportou, descobriu que seu pai estava preso. Ao invés de desanimar, levava mensagens bíblicas a ele na prisão. Porém, a vida ainda reservava surpresas a Tiago. No dia em que seu pai conseguiu a liberação da cadeia, Tiago sofreu um grave acidente de moto enquanto ia ao trabalho. Uma crise de hipoglicemia terminou, em minutos, com sonhos de toda uma vida.

O jovem só acordou na UTI, onde recebeu o diagnóstico de uma lesão medular e estava tetraplégico. Em seu pior momento, sofreu um coma espontâneo. Nesse mesmo dia, seu pai foi assassinado a tiros quando ia visitá-lo no hospital.  Ele perdeu o pai, não conseguia mexer do pescoço para baixo e precisava de cuidados médicos especiais e caros. Em alguns momentos, Tiago se perguntava o porque daquilo tudo estar acontecendo com ele. “Me questionava: ‘por que eu, Senhor?’ Logo eu, que sempre pregava, cantava e era um exemplo na Igreja? Em um minuto eu estava jovem, feliz com saúde, em outro vi tudo o que mais gostava de fazer ser tirado de mim”, conta.

Vida Nova

Mas ele não desanimou. Ao invés de chorar, ele sorria. Ele percebeu que aquele era o sinal de Deus sobre o caminho que ele deveria seguir, onde sua experiência mais pura com o Senhor iria começar. “Minha mãe, que se reaproximou com a tragédia, me perguntava o por que da minha alegria, em meio a tantos problemas. E eu sempre mostrava que os planos de Deus eram maiores e agora eu estava vivendo a experiência que eu tanto buscava e não conseguia, mesmo sendo tão ativo na igreja”, revela Tiago.

Hoje, Tiago mora no Espírito Santo. Ele conseguiu um tratamento especial e passa os dias da semana em uma clínica de reabilitação e o fim de semana em casa. Ele já consegue sentar e mexer os braços. É convidado frequentemente para pregar em igrejas locais e, mesmo com as adversidades, aceita os convites. [Equipe ASN, Ayanne Karoline]

Veja abaixo um vídeo que conta um pouco mais de sua história:

Outras notícias sobre a Igreja Adventista do Sétimo Dia no Espírito Santo podem ser lidas em https://www.facebook.com/aesvitoria

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox