Notícias Adventistas

I Encontro de evangelistas ressalta a importância do evangelismo

A Igreja Adventista do Sétimo Dia reuniu todos os lideres de evangelismo de toda a América do Sul, para planejar o programa de pregação do evangelho em oito países.

10 de março de 2011

A Igreja Adventista do Sétimo Dia reuniu todos os lideres de evangelismo de toda a América do Sul, para planejar o programa de pregação do evangelho em oito países. Os últimos acontecimentos estão nos dizendo que Jesus está voltando e é preciso anunciar a salvação a todos, para que mais pessoas estejam preparadas para a breve volta de Jesus.

Nesta foto estão os pastores evangelistas com o pastor Erton Köhler, presidente da DSA, Divisão Sul-Americana. Na foto ao lado estamos todos uniformizados com a camisa oficial do evento.

Enquanto os evangelistas se reuninem para orar e planejar a pregação do evangelho, eles também fazem evangelismo com as pessoas que ainda não aceitaram Jesus e que estão por perto. Na foto ao lado, uma visão parcial dos pastores no momento de um seminário.

Veja agora alguns pontos importantes desse encontro:

Não administramos uma estrutura, administramos uma missão! Evangelismo não é um evento, é um processo, um estilo de vida! Entendemos que o programa evangelístico deve ser:

  1. Ousado.
  2. Simples.
  3. Relevante

Dez pontos altos na vida de um evangelista:

  1. Os evangelistas são propagadores da visão correta da pregação do evangelho: crescer muito e crescer bem.
  2. Devem trabalhar com a visão do evangelismo integrado.
  3. Cada vez mais as campanhas evangelísticas devem estar conectadas com os pequenos grupos.
  4. Queremos diminuir a presença dos profissionais e envolver a igreja. A idéia é implantar a escola de evangelistas e preparar os membros para serem evangelistas.
  5. Somos formadores de novas gerações. Precisamos influenciar os alunos de teologia. Queremos estar dentro do SALT, a idéia é imprimir paixão pelo evangelismo no coração dos alunos.
  6. Serão preparados novos materiais para uma nova geração de evangelistas.
  7. Vamos fazer um evangelismo que tenha continuidade, ou seja, queremos fazer discípulos seguindo o programa de discipulado da Divisão.
  8. Cada evangelista deve atuar fortemente na implantação de igreja em lugares onde não há igreja. Pode ser uma cidade ou um bairro. É a missão global. Podemos enviar um obreiro bíblico na frente para preparar o terreno.
  9. É preciso termos projetos mais ousados, devemos fazer ter coragem para fazer um evangelismo mais agressivo. Lembre-se que Deus gosta dos loucos, como Moisés, diante do mar vermelho pedindo que o mesmo se abra e falou com uma rocha para lhe conceder água. Como Josué que orou para que o sol parasse. Como Pedro que desceu do barco e andou sobre as águas.
  10. Vamos fortalecer a comunhão como base para a missão. Vamos destacar as frentes missionárias.

A frase que deve ser destacada a partir de agora é: NÃO BASTA SER ADVENTISTA TEM QUE SER EVANGELISTA!

Notícias Relacionadas

WordPress Image Lightbox