Notícias Adventistas

Estudante de Teologia afirma que na colportagem aprendeu a ser mais dependente de Deus

“Desde os três anos de idade sou da igreja Adventista do 7º Dia. Os anos passaram, e me sentia até pouco tempo mais um na igreja. O meu desejo era estudar e me tornar Engenheiro, mas não foi isso o que aconteceu”. Wálisson Almeida, tem 18 anos, e cursa o 1º período de Teologia no Unasp, até chegar a esse momento, ele lutou e perseverou.

25 de junho de 2014
“Desde os três anos de idade sou da igreja Adventista do 7º Dia. Os anos passaram, e me sentia até pouco tempo mais um na igreja. O meu desejo era estudar e me tornar Engenheiro, mas não foi isso o que aconteceu”. Wálisson Almeida, tem 18 anos, e cursa o 1º período de Teologia no Unasp, até chegar a esse momento, ele lutou e perseverou.


Wálisson Almeida, tem 18 anos, e cursa o 1º período de Teologia no Unasp, até chegar a esse momento, ele lutou e perseverou.

Taiobeiras, MG… [ASN] “Desde os três anos de idade sou da igreja Adventista do 7º Dia. Os anos passaram, e me sentia até pouco tempo mais um na igreja. O meu desejo era estudar e me tornar Engenheiro, mas não foi isso o que aconteceu”.

Wálisson Almeida, tem 18 anos, e cursa o 1º período de Teologia no Unasp, até chegar a esse momento, ele lutou e perseverou. Decidiu por vontade própria sair da cidade de Taiobeiras, Norte de Minas Gerais, para desbravar e conhecer outras realidades, o que contribuiu substancialmente para o seu amadurecimento.

O sentimento de fazer Teologia surgiu no seu coração quando falava do amor de Jesus para as pessoas. Wálisson não perdia a oportunidade de levar a Mensagem de Esperança para quem quer que fosse. Pensou consigo mesmo: “Se tenho falado de Jesus para as pessoas, quero viver fazendo isso!

Tentou pela primeira fez a faculdade de Teologia na Faculdade Adventista da Bahia, fez 24 pontos e um amigo, teve uma pontuação menor do que ele e obteve sucesso. Portanto, não logrou êxito na sua tentativa, foi quando decidiu entrar para a Colportagem. A partir dessa sua decisão, sua vida mudou de modo, a alcançar seu sonho que era cursar a faculdade de Teologia.

Decisão tomada, mãos à obra. A primeira campanha do Wálisson foi na cidade de Unaí. Depois Paracatu, Arinos e Curvelo. Nesta última cidade: Dificílimo o trabalho, assim resumiu ele. Mas ficou uma certeza: Deus teria grande planos e bênçãos para sua vida.

Na Colportagem ele enxergou a possibilidade e oportunidade de conseguir finalmente, concretizar seu sonho. Trabalhou de maneira perseverante, não media esforços. Acumulou, mesmo ainda muito jovem, experiências na Colportagem. Wálisson se recorda de uma: Bati no portão da casa de uma senhora na cidade de Curvelo, ela não queria me receber, depois de conseguir meu objetivo, ela me disse que Deus falou no ouvido dela para que pudesse me receber. Essa experiência mexeu comigo, foi marcante em minha vida”, disse emocionado.

Demonstrando intimidade, Wálisson não hesitou em afirmar de maneira categórica que “é o queridinho de Deus”, pois tudo que ele pede Deus o concede.

“Na Colportagem aprendi duas coisas: Desenvolvimento espiritual e social. Aprendi a ser dependente de Deus. Se estou fazendo Teologia é porque Deus por meio da Colportagem me concedeu a oportunidade de continuar falando do amor de Jesus para as pessoas, e me preparar intelectualmente para atuar como pastor da igreja Adventista do Sétimo Dia”, relata Wálisson.

 Ping Pong com Wálisson:

 

Personagem bíblico: Paulo

Verso bíblico: Salmos 31: 19– a Bíblia na linguagem de hoje: Como são maravilhosas as coisas boas que guardas para aqueles que te temem! Todos podem ver como tu és bom e como proteges os que confiam em ti.

Sonho: Ver a Volta de Jesus

Família: A base de tudo

Teologia no Unasp: Um presente de Deus

Influência: Meu pai, meu incentivador e motivador. [Equipe ASN, Samuel Nunes]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox