Notícias Adventistas

Durante reunião, líderes da Igreja debatem atribuições pastorais

Um dos pontos abordados entre secretários ministeriais foi o número de grandes compromissos por ano.

7 de maio de 2014
Encontro com os principais secretários ministeriais da Igreja em oito países sul-americanos ocorreu em Guarulhos, SP

Encontro com os principais secretários ministeriais da Igreja em oito países sul-americanos ocorreu em Guarulhos, SP

Guarulhos, SP…[ASN]  Os secretários ministeriais da Igreja Adventista em oito países sul-americanos debateram, durante um encontro realizado entre os dias 5 e 8 de maio em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, quais devem ser as principais atribuições pastorais a fim de aumentar a motivação dos ministros.

Na reunião, os participantes abordaram temas pertinentes ao trabalho de pastores, anciãos e diáconos. Segundo o pastor Carlos Hein, secretário ministerial da Igreja Adventista em oito países sul-americanos (Divisão Sul-americana), o evento permite que a atuação dos ministros siga as mesmas diretrizes nos diferentes lugares do continente.

“Esse encontro acontece anualmente para a gente alinhar o trabalho dos pastores. Ao longo do ano nos deparamos com as mesmas questões em diferentes lugares. Nós precisamos agir da mesma forma em todos lugares. Por isso, revemos o livro de práxis da Igreja bem como o seu manual para adotarmos um procedimento padrão para questões específicas”, explica Hein.

Carregar menos para andar mais

Diretora da Área Feminina da Associação Ministerial (AFAM), Williane Marroni, apresenta principais preocupações e desafios da família pastoral

Diretora da Área Feminina da Associação Ministerial (AFAM), Williane Marroni, apresenta principais preocupações e desafios da família pastoral

O grupo tratou ainda de temas que não estão diretamente relacionados mas que influenciam o trabalho de um pastor, como a vida familiar e financeira. “Fizemos um censo pastoral em 2010 para descobrir quais as preocupações das famílias dos pastores adventistas e também para diagnosticar em quais pontos elas precisam melhorar. A partir disso, vamos definir estratégias para aumentar a paixão dos nossos ministros para com Deus, família, Igreja e almas”, afirma o secretário ministerial da Igreja Adventista para oito países sul-americanos.

A principal mudança imediata será reduzir, já no próximo ano, o número de grandes compromissos pastorais, que atualmente são oito, para quatro. Esses grandes compromissos são as campanhas desenvolvidas ao longo do ano pela Igreja e que buscam envolver todos os membros e departamentos da instituição. Segundo Hein, o objetivo dessa decisão é fazer com que a tarefa do pastor seja mais leve para permitir que ele chegue mais longe. “Se ele ficar sobrecarregado, o pastor naturalmente deixará a desejar em algum aspecto”, argumenta. Os quatro grandes compromissos para 2015, porém, só serão conhecidos na divulgação do calendário da Igreja Adventista para o próximo ano. [Equipe ASN, Lucas Rocha]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox