Notícias Adventistas

Desbravadores e aventureiros realizam ação no Dia Mundial do Doador de Sangue

A mobilização será destaque na TV Educativa de Juiz de Fora.

16 de junho de 2014
 As doações do Vida por Vidas duraram uma semana, mas se estendem até julho.


As doações do Vida por Vidas se estendem até julho.

Juiz de Fora, MG… [ASN] No inverno as doações de sangue nos Hemocentros costuma diminuir em todo o Brasil. Em Juiz de Fora, Minas Gerais, o número de doadores chegou a cair 30%, mas a Copa do Mundo é outro fator que explica a queda do estoque, que está 40% abaixo do normal.

Para amenizar o problema e mostrar solidariedade, jovens da Igreja Adventista do Sétimo Dia doaram sangue de 9 a 16 de junho. Para completar o projeto, aventureiros e desbravadores fizeram uma mobilização no centro da cidade no dia 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue.

Desde 2004 a Organização Mundial de Saúde (OMS) destinou o dia 14 de junho para ser reconhecido como o Dia Mundial do Doador de Sangue. A proposta surgiu para homenagear os doadores e promover a doação de sangue.

Mobilização

O projeto Vida por Vidas é uma iniciativa da Igreja Adventista e existe desde 2005 com o objetivo de contribuir com os hemocentros por meio da doação de sangue. Ele está presente em oito países da América do Sul e este ano trouxe a temática Jogada de Craque.

A TV Educativa, afiliada à Rede Minas, de Juiz de Fora, esteve presente e fez a cobertura da ação. A reportagem será transmitida no Jornal da TVE nesta segunda-feira, no canal 12, às 18h30.

A TV Educativa de Juiz de Fora, afiliada à Rede Minas, esteve presente e fez a cobertura da ação. A reportagem será transmitida no Jornal da TVE nesta segunda-feira, no canal 12, às 18h30.

No sábado, 14 de junho, os participantes distribuíram panfletos informativos sobre o projeto, balas e água no semáforo e no Parque Halfeld, no centro da cidade. Além disso, uma tenda de atendimento com aferição de pressão foi oferecida. Mulheres ‘sombras’, vestidas de preto, com o rosto pintado com as bandeiras dos países que participam da Copa, imitavam quem passava por ali e incentivaram a doação de sangue. A Guarda Municipal da cidade guiou os participantes e cuidou do trânsito no momento da mobilização.

Segundo o responsável pelos Desbravadores, Aventureiros e Jovens no sul de Minas Gerais (Associação Mineira Sul), pastor Everson Ferreira, o objetivo é claro. “Queremos fazer a diferença, como adventistas, cristãos, e fidelizar doadores, pois ajudar o próximo nunca é demais”, reforça. [Equipe ASN, Vanessa Lemes]

Mais fotos da mobilização no Facebook da Associação Mineira Sul.

 

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox