Notícias Adventistas

Hildemar Santos

Hildemar Santos

Saúde e Espiritualidade

Como prevenir doenças e ter uma vida saudável.

5 dicas para ativar a imunidade contra infecções respiratórias

Além de estar bem agasalhado, é preciso dormir e comer bem para evitar as complicações respiratórias durante o inverno. (Foto: Shutterstock)

Chegou o friozinho, época que castiga muitos com as infecções respiratórias e outras doenças desagradáveis. Um dos mais importantes segredos de manter o sistema imunitário ativo é manter a temperatura corporal, ou seja, não passar frio. Além dessa, preparei outras dicas pra deixar você com a imunidade lá em cima e sem o nariz escorrendo. Se liga!

  1. Mantenha os pés sempre aquecidos. Outro dia li um artigo sobre a roupa ideal desenvolvida para o soldado que se prepara para ir à guerra. A tecnologia permite que eles usem sapatos que mantêm os pês aquecidos num ambiente frio e refresca os mesmos quando ambiente de mais calor. Eles também desenvolveram tipos especiais de calças que também mantém a temperatura dos joelhos equilibrada. O segredo é manter uma temperatura ideal nos membros inferiores para poder resistir ao stress de uma batalha e aos rigores do tempo em situações extremas.Um estudo feito na Inglaterra entre alunos que faziam banho gelado dos pés demonstrou maior susceptibilidade ao resfriado comum.
  2. Fique de olho na alimentação. Comer muito açúcar e doces parece ter um efeito negativo na produção e circulação de glóbulos brancos, responsáveis pelo combate de vírus e bactérias. Por outro lado, se aconselha maior ingestão de alimentos que ativam o sistema imunitário como o alho, a cebola, o turmérico (ou curcumim). Também outros alimentos que são ricos em antioxidantes como as amoras, alimentos ricos em vitamina C (frutas cítricas) e alimentos ricos em vitamina A (vegetais e frutas de cor vermelha, amarela ou verde escura).
  3. Tenha equilíbrio no exercício físico. O exercício físico moderado é essencial, porém corredores de maratona em geral têm um risco aumentado de infecções respiratórias depois de uma competição – parece haver uma supressão do sistema imunitário após exercícios extremos. Exercícios ao ar livre são preferenciais, mas a pessoa deve ter cuidado em manter o corpo aquecido durante estes exercícios.
  4. Durma o necessário. O sono é outro fator importante e o conselho é dormir no mínimo 7 horas por noite. Lembro-me do que ocorreu com um amigo de meu filho, que, além de estudar, trabalhava em dois lugares – assim, dormia só três horas por noite. Quando lhe disse que aquilo não era uma boa ideia para a sua saúde, o rapaz riu, dizendo que dormir é coisa de velhos. Dentro de alguns meses ele pegou um resfriado, que virou uma pneumonia e a coisa ficou séria. Perdeu duas semanas de trabalho e estudo, mas aprendeu a lição e voltou a uma rotina que lhe dava mais tempo para dormir.
  5. Mantenha-se hidratado. Muitas pessoas não tomam bastante agua para hidratar o corpo e isto acaba afetando a capacidade de circulação dos glóbulos brancos e sua atividade para combater microrganismos. Há quem beba outras coisas, como sucos ou bebidas super adocicadas, alegando que isso é suficiente. Na verdade, não existe outro meio melhor de hidratar o corpo do que a água pura. Beba, no mínimo, dois litros por dia.

BÔNUS: A influência das emoções, do controle do stress e outros conceitos de saúde mental e espiritual são também fatores importantes. O humor, o pensamento positivo, a oração, a fé, e o controle das emoções são fundamentais para o funcionamento do sistema imunitário. Estudos têm comprovado um aumento da imunoglobulina A (que ativa o sistema imunitário contra vírus que atacam os órgãos respiratórios) durante e após sessões de humor.

“O coração alegre serve de bom remédio; mas o espírito abatido seca os ossos.” Provérbios 17:22

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox