Notícias Adventistas

Fábio Bergamo

Fábio Bergamo

Marcas & Marcas

Marketing, Comunicação, Cultura e Religião

A experiência da OmniChurch (transmissão web dos cultos)

A estratégia Omnichannel se baseia no uso simultâneo e interligado de diferentes canais de comunicação. A ideia chega até as igrejas. (Foto: Shutterstock)

Quando o site Advir estava no seu auge, veiculava links de algumas das primeiras igrejas adventistas que transmitiam seu culto, em meados dos anos 2000. Era uma novidade interessantíssima por duas razões: a) Podíamos agora enviar o link para alguém que gostaríamos que tivesse acesso à mensagem; b) Se não pudéssemos assistir ao culto por alguma razão, agora tínhamos a mensagem convenientemente ali nos nossos computadores. E isso tem muito a ver com um conceito que podemos chamar de OmniChurch.

Leia também:

Lembro que tudo no início era caro e complicado, mas, depois, com o passar dos anos a tecnologia se aprimorou, barateou e tudo ficou mais fácil. Mais igrejas aderiram e tiveram resultados de alto padrão. E, assim, muitas igrejas começaram a transmitir seus cultos e/ou eventos especiais, como semanas de oração e semanas de evangelismo.

Agora, a igreja tinha sua programação in loco e a transmissão de sua programação pelo ciberespaço. Repete o padrão de diversas empresas que, além de terem sua presença no mundo real, também estão com amplo funcionamento em comércio eletrônico ou no âmbito virtual.

Neste contexto corporativo, surgiu o termo Omnichannel. Segundo o portal E-commerce Brasil, o conceito é definido por uma integração entre os diversos canais de contato com o público da empresa. As estratégias agora são construídas pensando não mais em um dos canais, mas, sim, em todos ao mesmo tempo, quer sejam eles “reais” ou virtuais.

O fenômeno do Omnichannel

Com a profusão das transmissões de cultos de igrejas Brasil a fora, será que houve um movimento para um omnichannel eclesiástico? Uma OmniChurch? Uma igreja que ao mesmo tempo fornece a mensagem de salvação por diferentes vias? É perceptível os resultados em ambos os lados. Mas como fazer com que esta igreja de vários canais consigam, de fato, uma congruência e sinergia entre as experiências propostas?

Em primeiro lugar, uma OmniChurch tem de dar a mesma ênfase para todos os canais de comunicação dos seus cultos. O culto ao vivo não deve ser apenas uma câmera ligada, com o sentido apenas de declaração de status ou por preciosismo de algum dos membros. Deve-se pensar na experiência também de quem assiste, não deixando-o ser apenas um espectador, mas um participante. Pregadores e ministros de louvor devem se direcionar para aqueles que estão assistindo on-line.

Experiência

Em seguida, o culto transmitido digitalmente deve buscar a interação e engajamento daquele que está assistindo. Seria interessante ter algum tipo de apresentador ou de oficiante digital, que pudesse fazer as apresentações necessárias. Isso porque muitos daqueles que estão na audiência não conhecem as pessoas daquela igreja ou a liturgia específica da mesma. Outra forma que pode ser utilizada é deixar um chat aberto para que os espectadores possam enviar perguntas e comentários em tempo real (e devem ser respondidos também em tempo real).

Por fim, o pós-culto não pode ser esquecido em uma transmissão digital. O contato com aqueles que estão assistindo deve ser feito e mantido. Muitas vezes, aqueles que estão assistindo estão fracos na fé ou deixaram as fileiras da igreja, estando ali como um lampejo de desejo de receber uma mensagem espiritual, muitas vezes motivada por uma nostalgia. O contato posterior pode render muitos frutos e a equipe de transmissão, em parceria com a área de Ministério Pessoal, deve estar atenta às oportunidades.

Cuidar da experiência da transmissão do culto on-line deve requerer tanta atenção quanto a do culto presencial. Prestando atenção a este ponto, de fato teremos uma igreja multicanal, uma OmniChurch, que dará bons frutos no espaço real e no ciberespaço.

PARA LER, VER E OUVIR MAIS:

Bem-Vindo à Era do OmniChannel – Portal E-commerce Brasil https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/bem-vindo-a-era-do-omnichannel/

Quatro Passos simples para se fazer uma transmissão online – SambaTech – https://sambatech.com/blog/insights/transmissao-ao-vivo-em-4-passos/

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox