Notícias Adventistas

Carta ao Papai Noel vai parar em escritório da Associação

7 de janeiro de 2014
Tomás lê a carta que escreveu

Tomás lê a carta que escreveu

São Paulo, SP… [ASN] “Olá, meu amado Papai Noel! Meu nome é Tomás, tenho 13 anos e uma família linda…”

Naquele momento, Tomás não sabia exatamente onde sua cartinha de natal iria parar, quem iria ler ou muito menos se os pedidos feitos ali seriam realizados. Entretanto, isso não lhe tirou o desejo de continuar escrevendo.

Todo final de ano, quando vai se aproximando a época de natal, chegam milhares de cartas de crianças nas agências dos correios endereçadas ao Papai Noel. Pedindo tudo o que se possa imaginar. Bicicletas, videogames, brinquedos, roupas, e assim vai.

E para atender a tantos pedidos, qualquer pessoa pode ir a uma agência dos correios, pegar uma cartinha e atender o desejo de alguma criança. Simples assim. Mas na história de Tomás não foi tão fácil.

Como chegam muitas cartas, para ter uma cartinha “adotada” são necessários alguns requisitos. Um deles é de que a criança não pode ter mais do que 12 anos. Tomás tem 13.

Foi então que o garoto teve a ideia de enviar carta para um endereço que achou na Revista Adventista. Sem saber onde sua carta iria parar, a única coisa que Tomás podia fazer era esperar. O resultado dessa história você confere no clipe abaixo. [Equipe ASN, Augusto Cavalcanti]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox