Notícias Adventistas

Bíblia do Pequeno Grupo começa a ser divulgada

Lauro de Freitas, BA …[ASN] A Bíblia do Pequeno Grupo, uma novidade na agenda da Igreja Adventista em 2015 para os Estados da Bahia e de Sergipe, começou a ser divulgada neste final de semana. Durante encontro com mais de 200 líderes da Grande Salvad...


  • Compartilhar:

mulheres-biblia-pequenos-gruposLauro de Freitas, BA …[ASN] A Bíblia do Pequeno Grupo, uma novidade na agenda da Igreja Adventista em 2015 para os Estados da Bahia e de Sergipe, começou a ser divulgada neste final de semana. Durante encontro com mais de 200 líderes da Grande Salvador, a diretora do Ministério da Mulher para Bahia e Sergipe, Joelma do Vale, fez o lançamento da Bíblia com a opção da capa na cor rosa. “As mulheres empolgaram-se com a novidade e a expectativa é de que muitos exemplares como este sejam adquiridos”, afirmou Joelma. O evento aconteceu na igreja de Nazaré, em Salvador.

Pelo menos 50 mil exemplares serão produzidos, a um custo acessível para os participantes. O valor, que é de R$ 132,00, será subsidiado para ter custo final para o fiel de R$ 60,00. A Bíblia de Pequenos Grupos trará, junto com o texto das Escrituras Sagradas, as lições e materiais que poderão ser usados nas dinâmicas das reuniões nos lares. “A Bíblia dos Pequenos Grupos substituirá as lições que são usadas nesses encontros, uma vez que este material estará, definitivamente, junto com a Bíblia”, disse Borges.

Meta crucialmente importante - No esforço da Igreja em favor do discipulado pela comunhão, relacionamento e missão, a principal contribuição da União Leste Brasileira para a agenda do Relacionamento são os pequenos grupos. Nos estados da Bahia e de Sergipe, existem mais de 14 mil pequenos grupos. Dados da Divisão Sul-Americana sinalizam que existe, neste território, a maior proporção de pequenos grupos por número de fiéis em todo o Brasil. “Entendemos que os Pequenos Grupos são o espaço onde os fiéis podem se conhecer melhor, ter um relacionamento mais efetivo entre eles e também com a comunidade e desse modo contribuir para o crescimento espiritual das pessoas”, disse o pastor Osmar Borges, líder de Pequeno Grupo para Bahia e Sergipe.

Uma das pautas para a expansão dos pequenos grupos é o esforço para que os líderes participem dessa iniciativa. Para isso, a sede administrativa da Igreja para Bahia e Sergipe tem procurado dar prioridade ao PGP – Pequenos Grupos de Pastores. É a chance para que líderes da Igreja percebam a importância deste estilo de vida para o crescimento espiritual dos fiéis e mobilização da Igreja para o cumprimento da missão. (Equipe ASN, Heron Santana)