Notícias Adventistas

Batismo e desafios marcam capacitação pedagógica da Rede de Educação Adventista no MS

Em dois dias os educadores da rede foram desafiados através do trabalho em equipe e de oficinas. Tudo, com um único objetivo: aprender, na prática, a superar os desafios vivenciados por profissionais da educação em sala de aula

Por Rebeca Silvestrin 24 de janeiro de 2020

Nos dias 20 e 21 de janeiro profissionais da Educação Adventista no Mato Grosso do Sul reuniram-se em Campo Grande para uma capacitação pedagógica para o ano de 2020. Com o tema “Na trilha da missão”, a responsável pela coordenação pedagógica para o território sul-mato-grossense explica que o tema faz alusão à rotina do professor em sala de aula e sua semelhança aos adeptos de trilhas. “Para fazer uma trilha é necessário preparo, organizar aquilo que será preciso para a aventura e estar preparado para os desafios que surgirem no caminho. Então, a trilha traz alguns simbolismos que podemos usar como referência ao trabalho do professor”, explica Ana Angélica, idealizadora da capacitação.

Durante dois dias os 200 educadores da rede foram desafiados através do trabalho em equipe e de oficinas. Tudo, com um único objetivo: aprender, na prática, a superar os desafios vivenciados por profissionais da educação em sala de aula. “O educador trabalha com a formação do caráter dos alunos que estão sob a responsabilidade dele. Por isso, dividimos os educadores em 12 grandes grupos e os desafiamos a construir um filtro de água, com alguns elementos que colocamos à disposição deles.

O objetivo final era utilizar o filtro construído em equipe para limpar uma quantidade de água. A dinâmica tinha o objetivo de tornar real  o objetivo do trabalho deles, enquanto professores que nada mais é  do que ser um filtro na vida dos nossos alunos e ajudá-los a desenvolver um caráter puro, semelhante ao de Cristo”, conta Ana.

Mas, o ponto alto da capacitação ainda estava por vir. No encerramento do programa, os professores levaram suas garrafas com a água “filtrada” por eles e a despejaram em um tanque. Ali, nesse mesmo local, alguns minutos depois o jovem Lucas Ramirez, aluno do 7° ano do Ensino Fundamental no Colégio Adventista Campo-Grandense (CAC) foi batizado diante de todos os educadores adventistas do estado. “Nós buscamos mostrar para eles que essa é a essência do trabalho desenvolvido pelo educador. Filtrar e aperfeiçoar o aluno, tanto no sentido pedagógico, quanto no sentido espiritual. É ir muito além do ensino acadêmico”, pontua a coordenadora.

Para Mari Liz Ramirez, mãe de Lucas, a decisão do filho reforça os valores aprendidos por ele na instituição. “Sou muito grata a Deus por me permitir acompanhar o crescimento espiritual do meu filho. Mesmo tão novo, ele sabe qual a decisão correta e o caminho pelo qual deve seguir. Me faltam palavras para agradecer à Educação Adventista pelo trabalho que tem realizado com a minha família. Sei que o papel do colégio foi fundamental para a vida espiritual dos meus filhos e a decisão do Lucas é uma prova real dessa dedicação”, enaltece.

Para a coordenadora pedagógica da Educação Adventista no estado, o ano de 2020 tem como foco principal a missão no coração de cada educador. “Como professores cristãos nós entendemos que temos em mãos a responsabilidade de algo que vai muito além da área acadêmica, mas para que isso aconteça, utilizamos uma pedagogia ativa. Por isso, nesses dois das de capacitação, nossos professores participaram ativamente de cada um dos desafios e é isso que eles levarão para as salas de aula esse ano. Nossa metodologia de ensino é propor a construção de algo juntos, através de uma parceria que leve ao crescimento do nosso aluno em todas as áreas da vida dele”, finaliza.

Fotos: Luciene Soares

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox