Notícias Adventistas

Bar de Curitiba se transforma em Igreja Adventista do Sétimo Dia

A Associação Sul Paranaense (ASP) participou ativamente da construção de mais uma igreja.

16 de fevereiro de 2017

Inauguração da IASD Vila São Paulo pela família de Juarez Chagas

Curitiba, PR…[ASN] O terreno onde no passado funcionou o bar Picussa, hoje se transformou numa igreja Adventista, essa transformação foi resultado do esforço conjunto de famílias especais, membros da igreja, doadores voluntários e  da Associação Sul Paranaense( ASP).

Neste último sábado (11), foi inaugurada a IASD, Vila São Paulo, no bairro Uberaba em Curitiba. Estiveram presentes como convidados especiais o presidente da Associação Sul Paranaense (ASP), Pr. Williams Moreira César, juntamente com o tesoureiro Pr. João Adilson Rodrigues, o secretário Pr.Edilson Cardoso e o ex presidente da ASP, o pastor Herbert Boger. 

A inauguração contou com pessoas que estiveram à frente deste projeto. E mais uma família em que a história de vida se relacionou com o local em que a igreja foi construída. E para fechar com chave de ouro o pastor Herbert Boger foi convidado para fazer a primeira pregação. Ele que na época, acompanhou de perto o início do projeto.

Família Chagas

Tudo começou com a oração de uma esposa inconformada com a vida do marido e do filho. Ambos saíam todos os dias para beberem em um bar perto de casa. A esposa, Leontina Chagas, como uma mulher de muita fé resolveu orar, clamar a Deus para que o bar fechasse.“ Minha mãe como uma, Adventista do sétimo Dia, orava muito,  mas o que me chamava a atenção é que ela orava horas e horas nas madrugadas e também durante o dia”, conta o filho de dona Leontina, Juarez Chagas.

Esta mãe, uma mulher forte, de oração mas que sofreu muito vendo o marido e o filho se acabarem na bebida veio a falecer em 1975. Para surpresa de todos, após a morte da mãe todos os filhos acabaram se batizando na Igreja Adventista. Juarez , um dos filhos do casal Leontina e Deolindo Chagas relata que: “ ao entrar para a igreja já se inseriu nos pequenos grupos e que logo em seguida ficou sabendo de um evangelismo que estava acontecendo no bairro Uberaba e pediu para participar”.

A IASD Vila São Paulo está localizada onde, no passado, foi o bar Picussa

Depois do evangelismo que aconteceu em 2010, sentiram a necessidade de uma casa maior. Foi aí que, ao passearam pelo bairro procurando imóveis, por mais improvável que parecesse, o único lugar que conseguiram para montar a igreja foi o bar em que o pai de Juarez frequentava. Com o apoio financeiro de algumas igrejas conseguiram alugar este bar e montar a Igreja.

Neste meio tempo, Juarez convida Evandro Fagundes, um ex presidiário, que estava realizando um trabalho missionário muito bonito para pregar em um culto. “ Depois que tive conhecimento da historia da família Chagas e do projeto, senti no meu coração o desejo de participar, conta Evandro.

Iniciaram as reuniões na IASD Vila São Paulo com cerca de quarenta pessoas. Hoje já existem oficialmente 70 membros. Observando que os membros aumentavam, sentiram vontade de melhorar a estrutura da igreja e entraram em contato com o presidente da ASP, na época, o pastor Herbert Boger e com o tesoureiro Pr. João Adilson Rodrigues.

Pastor João agradece o esforço e determinação de, Evandro e Viviane Fagundes, na construção da IASD Vila São Paulo

A Associação abraçou a causa e deu todo o suporte necessário até o fim do projeto, desde o terreno até bancos da igreja, luminárias e o púlpito.“ Desistir é a saída dos fracos, insistir é a alternativa dos fortes. A construção desta igreja esteve nas mãos do Evandro e da esposa, eles deram a vida por esse projeto” explica o pastor e tesoureiro da ASP, João Adilson Rodrigues.

Pastor Herbert Boger faz uma relação do bar com a igreja

Ainda na cerimônia o pastor Herbert Boger fez uma relação do bar com a igreja. Se no bar alguém cai o amigo junta e leva para casa e na igreja deve ser da mesma maneira. “ o bar funciona bem porque Deus colocou no coração do ser humano a vontade de se relacionar com o outro. A igreja deve ser assim e muito mais”, afirma o pastor. Dentro da igreja devemos abraçar, dar carinho, levantar o outro e oferecer a água da fonte da vida. E esta inauguração, com certeza, não termina aqui com o batismo da Beatriz Erdman e do João Luiz Marinho.

Esta inauguração termina no céu porque a dona Leontina precisa saber que as suas orações foram respondidas. E aquele bar que ela queria que encerrasse, hoje fechou suas portas, e se tornou uma casa onde as pessoas praticam o que ela mais gostava de fazer: “Orar”.

[Equipe ASN, Kelly Oliveira / Fotos: Jaime Costa]

https://www.facebook.com/pg/associacaosulparanaense/photos/?ref=page_internal

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox