Notícias Adventistas

Adventistas pretendem plantar dez mil novas igrejas em cinco anos

Segundo líderes o plantio de igrejas deve ser um estilo de vida adventista.

15 de setembro de 2015
Líderes de Missão Global da Igreja Adventista estabelecem meta para próximo quinquênio: 10 mil novas igrejas.

Líderes de Missão Global da Igreja Adventista estabelecem meta para próximo quinquênio: 10 mil novas igrejas.

Brasília, DF… [ASN] Durante evento realizado na sede sul-americana da Igreja Adventista, em Brasília, líderes de Missão Global conheceram os focos principais da igreja para o próximo quinquênio: plantar igrejas nas grandes cidades e criar um movimento de plantio de igrejas como estilo de vida. Durante o programa também foi apresentada a meta de construir dez mil novas igrejas em cinco anos de trabalho, em oito países da América do Sul. Desse total, duas mil deverão ser plantadas em 2016.

Leia também: Membros recebem chaves da Igreja Adventista de Taquara

Para o pastor Edison Choque, que lidera o setor na América do Sul, “a ideia é fortalecer o movimento de plantio de igrejas. Para isso, uma das estratégias é o lançamento do Manual de Plantio de Igrejas que foi escrito pelo pastor Emílio Abdala”, conta.

O pastor Emílio Abdala, autor do Manual, é doutor em Ministério pela Universidade Andrews e atualmente trabalha como evangelista e coordenador de Missão Global da Igreja Adventista no Estado de São Paulo. O livro de sua autoria, Manual de Plantio de Igrejas – Estratégias para Multiplicação de Comunidades de Esperança aborda, em suas 142 páginas, as cinco fases distintas de como estabelecer igrejas em grandes centros. Resumidamente, essas fases são: canteiro, semeadura, germinação, crescimento e multiplicação. Usando as nomenclaturas utilizadas na jardinagem, segundo o autor, “a ideia é mostrar de forma simples e com uma linguagem fácil, os passos para projetos de construção mais complicados e mais simples também”.

Manual é leitura fundamental para pastores e equipes responsáveis pelo plantio de novas igrejas.

Manual é leitura fundamental para pastores e equipes responsáveis pelo plantio de novas igrejas.

Esse Manual já está disponível na Casa Publicadora Brasileira (cpb.com.br), em português, e na Asociación Casa Editora Sudamericana (aces.com.ar), em espanhol. “É fundamental que pastores e equipes responsáveis pela plantação de novas igrejas tenham esse manual em mãos”, comenta o pastor Choque.

Um pouco de história

Desde que o projeto de Plantio de Igrejas nasceu, em 2008, com o objetivo de fortalecer um movimento de expansão da Igreja Adventista, já foram plantadas quase 10 mil novas igrejas em solo sul-americano.

O princípio, segundo o pastor Choque, é o seguinte: “cada membro alcança um novo discípulo, cada Pequeno Grupo cria um novo Pequeno Grupo, e, portanto, cada Igreja também deve se reproduzir e criar uma nova igreja. Essa consciência vem sendo trabalhada desde que o projeto nasceu e estamos colhendo frutos dessa iniciativa, já que a ideia já está bem clara na mente de todo membro de igreja”, explica.

Experiência que deu certo

Líderes utilizaram maquete para representar as grandes cidades que serão alcançadas com novas igrejas.

Líderes utilizam maquete para representar as grandes cidades que serão alcançadas com novas igrejas.

Na União Leste Brasileira, escritório que administra a Igreja Adventista nos Estados da Bahia e do Sergipe, nasceu em 2013 o projeto Santuários de Esperança. O líder de Missão Global da região, pastor Osmar Borges, conta que “a ideia é realizar o que foi feito em 100 anos, em apenas cinco anos, ou seja, levamos 100 anos para levantar mil igrejas e agora estamos fazendo isso em cinco anos”.

As primeiras 500 igrejas do projeto já foram levantadas. A Igreja de número 500 foi construída em Chapada Diamantina, na cidade de Lençóis, na Bahia. Agora, como estímulo para a sequência do plantio, que deve ter sua conclusão em 2017, a liderança local fixou o lema “Nós queremos mais 500”. “Os números que temos indicam que nos Estados da Bahia e Sergipe, a cada dia e meio é plantada uma nova igreja”, revela o pastor Borges. “Temos certeza de que alcançaremos nossa meta, e por isso já temos o endereço da Igreja de número 1000: ela será construída na Avenida Paralela, a principal via de acesso a Salvador”, comemora.

Para mais informações sobre o projeto de Plantio de Igrejas clique aqui. [Equipe ASN – Márcia Ebinger]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox