Notícias Adventistas

Ação do projeto Quebrando o Silêncio mobiliza São Paulo

Em São Paulo, várias ações marcaram a data de combate ao abuso sexual infantil.

21 de maio de 2014
Cerca de 50 aventureiros entregas revistas da campanha

Cerca de 50 aventureiros entregas revistas da campanha (foto: Junior Braun)

São Paulo, SP [ASN]… No último sábado, 17 de maio, cerca de 150 adventistas, entre eles 50 aventureiros, entregaram mais de 5 mil revistas para conscientizar adultos e crianças sobre o abuso sexual infantil. A ação aconteceu no Parque do Ibirapuera, um dos principais pontos de lazer da capital paulista, onde a cada sábado passam mais de 50 mil pessoas, segundo a administração do local.

A mobilização ocorreu por ocasião do Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes que, de acordo com a lei 9.970/00, acontece sempre no dia 18 de maio. Aproveitando a data, as responsáveis pelo programa Quebrando o Silêncio em território paulista organizaram a ação que contou, além da distribuição de material informativo, com cartazes, banners e uma apresentação da Turma do Nosso Amiguinho preparada especialmente.

Turma do Nosso Amiguinho fez apresentação que alertou sobre os perigos do bullyng e violência sexual (foto: Junior Braun)

Turma do Nosso Amiguinho fez apresentação que alertou sobre os perigos do bullyng e violência sexual (foto: Junior Braun)

O show educativo protagonizado por Noguinho e sua turma chamou a atenção de quem passava pelo local, próximo ao portão 10 do parque. Exemplo do jogador de futebol Alexandre Montrimas que estava passeando com a filha de 6 anos, Fernanda Montrimas. Ele elogiou a iniciativa e sugeriu mais ações com o objetivo de conscientizar a população sobre o tema. “Muito do desequilíbrio do mundo atual se deve à falha na educação das crianças e ao abuso que muitas vezes até familiares cometem contra elas”, opina o jogador de futebol.

Passeata

Artur Nogueira também sediou uma ação por ocasião do dia nacional de combate ao abuso sexual infantil. Na última segunda, 19 de maio, ao menos 400 crianças percorreram uma das principais vias da cidade, localizada a cerca de 150 km da capital paulista. A ação foi uma parceria entre a prefeitura do município e a administração da Igreja Adventista para o Estado de São Paulo (União Central Brasileira), cuja sede está localizada na cidade.

Reconhecimento estadual

Ao menos 400 crianças fizeram uma passeata em uma das principais vias de Artur Nogueira

Ao menos 400 crianças fizeram uma passeata em uma das principais vias de Artur Nogueira (foto: Mirta Ebinger)

As frequentes ações promovidas pela Igreja Adventista no combate à violência e abuso sexual infanto-juvenil em território paulista ganhou o reconhecimento não só da sociedade, como também de instituições. “Já temos reconhecimento apoio do Ministério Público, da OAB e do Conselho da Condição Feminina no Estado”, afirma a advogada Damaris Kuo. Ela foi uma das intermediárias para a ação ocorrida no dia 17, no Parque do Ibirapuera.

Segundo a coordenadora da campanha Quebrando o sSilêncio no Estado de São Paulo, professora Irene Lisboa, outras ações de conscientização já estão programadas para o segundo semestre. “Já estamos ajustando os detalhes para ações em outros pontos do Estado e da capital também. O planejamento é que no segundo semestre façamos algo na praça da Sé”, prevê. [Equipe ASN, Lucas Rocha]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox