Notícias Adventistas

Acampamento reúne dois mil desbravadores no Rio Grande do Sul

Programa baseado na história bíblica de Moisés proporcionou atividades físicas, intelectuais e espirituais.

6 de maio de 2014
Acampamento-reune-dois-mil-desbravadores-para-desenvolver-atividades-fisicas-intelectuais-e-espirituais2

Desbravadores desfilaram no aniversário de 50 anos da cidade

Igrejinha, RS… [ASN] Dos dias 1 a 4 de maio, a cidade de Igrejinha, no Rio Grande do Sul, recebeu cerca de dois mil desbravadores para o XXI Campori da Associação Sul-rio-grandense, sede administrativa da Igreja Adventista no leste do Rio Grande do Sul. No evento, adolescentes de várias cidades do Rio Grande do Sul participaram do acampamento no município.

Os moradores da cidade participaram do evento em duas ocasiões. Na quinta-feira, dia 1º de maio, ao acompanharem um desfile em homenagem aos 50 anos do município. E uma visitação ao acampamento no dia 3 de maio, no período da tarde. O prefeito municipal de Igrejinha, Joel Leandro Wilhelm, também esteve presente nas ocasiões. Ele afirmou ser uma bênção de Deus receber um evento como este. O presidente da Câmara de Vereadores da local também participou da abertura do Campori.

Leia também:

O tema do evento foi “Príncipe da liberdade”, que relembrou a história bíblica de Moisés. De acordo com o diretor dos desbravadores no leste do Rio Grande do Sul, pastor Éricson Danese, o objetivo do encontro é motivar os clubes a crescer em qualidade, desenvolver novos líderes, confirmar a fé e o conhecimento Bíblico dos participantes.

As atividades realizadas no acampamento seguiram a mesma temática do encontro e foram divididas por idade e nível de dificuldade. Algumas delas com nomes bem sugestivos, como a prova das serpentes abrasadoras, envolvendo o conhecimento dos desbravadores sobre répteis, habilidade em arco e flecha e amarras. Já a prova com o nome “Do Egito à terra prometida”, envolveu mapas e códigos para serem decifrados.

Acampamento-reune-dois-mil-desbravadores-para-desenvolver-atividades-fisicas-intelectuais-e-espirituais

Grupo formado por cerca de dois mil desbravadores desenvolveu atividades físicas, intelectuais e espirituais durante o programa

Além das atividades recreativas e intelectuais, os participantes também tiveram seu momento de meditação. Todos os dias, no início da manhã, um culto dirigido pelo pastor Aryel de Paula, diretor dos desbravadores no norte do Paraná, fez os desbravadores refletirem sobre as prioridades da vida. Ele explicou aos desbravadores que não vale a pena trocar minutos de prazeres errados, pelo o que Deus tem preparado para eles, no Céu. [Equipe ASN, Bianca Lorini]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox