Notícias Adventistas

Todos merecem uma segunda chance

Projeto Vidas transformando Vidas

Centro de Reabilitação inaugurado em setembro de 2012

O Centro de Reabilitação inaugurado há 3 meses na Zona Oeste do Rio, abriga atualmente 13 pessoas, entre homens e mulheres que dependem da ajuda direta do próximo para reintegração à sociedade.

São mais de 18 milhões de dependentes químicos no Brasil, e um levantamento do Conselho Municipal Antidrogas (Comad), de Araraquara (SP), revelou que 77% dos dependentes químicos não conseguem finalizar o tratamento que dura em média, nove meses.

A igreja adventista acredita que todos merecem uma segunda chance e através de projetos sociais oferece apoio e tratamento aos dependentes químicos. De maneira espontânea, jovens e adultos da Zona Oeste do estado do Rio tem sido resgatados e reintegrados à sociedade.

Lauro Ramos Tavares é uma prova viva de que a mensagem do evangelho de salvação transforma vidas. Resgatado de um presídio de jovens no Rio de Janeiro, aceitou a mensagem e foi batizado no mês de março de 2012. A partir de então tem sido um monitor no Centro de Reabilitação, auxiliando outras pessoas com a mesma oportunidade que teve.

Projeto Vidas transformando Vidas

Lauro Tavares e sua noiva Valéria

O projeto tem aplicado regras simples, difundidas pela igreja adventista há muitos anos, através do uso dos 8 remédios naturais: ar puro, luz solar, água, repouso, exercício físico, nutrição, temperança e confiança em Deus.

Com a ajuda de voluntários os integrantes do projeto recebem aulas de música, artesanato, educação física, agronomia, apoio psicológico, psicopedagogo e assistência social. Além de participar nos cultos matutino e vespertino diariamente. Eles também tem acesso à programação da TV Novo Tempo através do canal 14 da Sky.

Segundo José Alexandre Oliveira, que já atua no Ministério das Prisões há 7 anos, ‘é um privilégio poder ver vidas transformadas pelo poder de Deus. Fazemos o nosso trabalho com muito amor e carinho, mas sabemos que é Deus quem os convence a tomar uma decisão melhor na vida’, relatou Oliveira. E complementou dizendo que ‘o tempo deles é preenchido com atividades físicas no local e a partir do próximo ano, farão aulas virtuais para finalizar seus estudos’.

Para saber mais a respeito do projeto e fazer sua doação, acesse: http://adra.org.br/projetos-rio-de-janeiro/vidas-transformando-vidas/

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox