Notícias Adventistas

Tiragem de A Grande Esperança chega a 166 milhões de exemplares no mundo

Washington, EUA … [ASN] O livro A Grande Esperança, que trata dos eventos finais e do conflito entre o bem e o mal ao longo da história, terá uma incrível tiragem de 166 milhões de cópias em todo o planeta. E o mais interessante: todos esses livros serão entregues gratuitamente a pessoas em diferentes continentes. A informação foi confirmada hoje, dia 12 de outubro, pelo pastor Erton Köhler, líder sul-americano da Igreja Adventista do Sétimo Dia para oito países, que participa de reunião na sede mundial adventista nos Estados Unidos.

A Grande Esperança é uma seleção de onze capítulos da célebre obra O Grande Conflito, de autoria de Ellen White, que revela, de acordo com a história secular e bíblica, os desdobramentos finais do mundo sob a ótica profética.

Na América do Sul, até agora, o número total de exemplares que serão distribuídos, principalmente a partir de 2012, é o de 50 milhões. Várias regiões administrativas adventistas já planejam realizar entregas literalmente de casa em casa. Até 2013, conforme Köhler, o sonho é maior ainda: 70 milhões de exemplares. E não é uma iniciativa qualquer. Um dos livros mais vendidos no Brasil atualmente, segundo ranking da Publishnews especializada no mercado editorial, chama-se Ágape, do padre Marcelo Rossi, e vendeu mais de seis milhões de cópias até agora.

É pelo menos oito vezes menos do que a encomenda geral de A Grande Esperança. “Essa informação sobre o número de livros é muito importante, porque mostra uma movimentação mundial para pregar sobre a volta de Jesus Cristo”, afirma o presidente.

Outras novidades

– Ainda falando de decisões tomadas nessa grande reunião mundial de líderes adventistas, que se encerrou nos Estados Unidos, o pastor Erton Köhler relata que foi criada uma nova união que vai atender especificamente a região do Oriente Médio e terá como sede a cidade de Beirute, capital do Líbano. A nova união, que estará ligada diretamente à Associação Geral da Igreja Adventista, abrangerá uma população de 500 milhões de habitantes onde vivem cerca de dois mil adventistas.

Outro ponto muito comentado nas reuniões foi a respeito da ênfase na evangelização das grandes cidades mundiais para 2013. A primeira a ser alcançada com uma estratégia diferenciada será Nova Iorque, nos Estados Unidos. Segundo reportagem da agência adventista de notícias internacional, ANN, a cidade de Nova Iorque hoje possui cerca de 19 milhões de habitantes que falam em torno de 800 idiomas diferentes e a metodologia utilizada para alavancar a evangelização nessa região será baseada em ações sociais e de saúde. “Nossa região também vai estar envolvida. Em maio do próximo ano, deveremos lançar nosso projeto especial nessa área”, avisa Köhler. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Notícias Relacionadas

WordPress Image Lightbox