Notícias Adventistas

Servidores da Igreja Adventista visitam orfanato no interior de MG

Grupo passou todo o dia de sábado com crianças que viviam em situação de vulnerabilidade social ou abandono parental

Divinópolis, MG … [ASN] No segundo final de semana do mês de julho, o grupo de servidores da Igreja Adventista na Região central de Minas Gerais demonstrou na prática o exemplo de solidariedade e auxílio ao próximo. Após recolherem agasalhos, roupas, brinquedos e remédios, o grupo se dirigiu até a cidade de Divinópolis, no interior de Minas Gerais a fim de passarem a tarde no orfanato L-Esperança. Mantido pela Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (Adra), o projeto abriga 12 crianças e adolescentes de ambos os sexos. O orfanato foi construído dentro de uma grande fazenda, doada por um voluntário da Alemanha. O ambiente é equipado por dois dormitórios, sendo um masculino e outro feminino, cozinha, banheiros, uma pequena criação de gado, com um lago ao fundo, além do escritório da Adra e uma capela onde são realizados os cultos semanais. Como o espaço é amplo, as crianças se divertem nos campos improvisados no ambiente externo.

Trabalhadores-orfanato

Trabalhadores levaram carinho, atenção e brinquedos para crianças de orfanato

Os menores que atualmente residem no orfanato, foram encaminhados para lá pelo Juizado da Infância e Juventude de Divinópolis, por viverem em situação de vulnerabilidade social ou de abandono. Além de levarem carinho e alegria para a criançada que há anos vivem longe de suas famílias biológicas, o grupo de voluntários ainda colocou a mão na massa para tornar o atual lar dos pequenos mais aconchegante. Enquanto uns lavaram os banheiros, outros se engajaram em pequenos reparos na estrutura dos prédios. Já as mulheres foram para a cozinha e preparam um almoço especial para todos.

“Foi uma experiência diferente e gratificante. Na verdade senti uma mistura de sentimentos, pois me senti feliz, de estar ajudando, mas ao tempo, também triste com a situação de abandono parental em que vivem essas crianças e adolescentes”, explica um dos funcionários da instituição adventista mineira, Washington Furlan.
Antes de se despedirem, o grupo celebrou o aniversário das meninas que estavam completando 15 anos e lhe entregaram vários presentes. [Equipe ASN, Luzia Paula]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox