Notícias Adventistas

Grupo de adolescentes quer saciar a fome de 1 milhão de pessoas em 1 hora

Há três meses, 72 países em desenvolvimento reduziram à metade o número de pessoas que sofrem de fome. Pela primeira vez o número esteve abaixo de 800 milhões, de acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). No dia 19 de setembro, quase 200 mil adolescentes da América do Sul comemorarão o Dia Mundial dos Desbravadores aliviando a fome de 1 milhão de pessoas carentes. A meta estipulada é distribuir 1 milhão de pães em 1 hora para comunidades onde o Clube de Desbravadores está presente.

A iniciativa tem como base a história bíblica que conta como Jesus multiplicou o lanche de um menino para mais de 5 mil pessoas (João 6:1-15) e é motivada pelo tema o menino que acreditou no impossível.  “Cada desbravador entregará cinco pães. Como temos 200 mil desbravadores [contando os líderes], entregaremos 1 milhão de pães em uma hora”, explica Udolcy Zukowski, líder dos desbravadores para oito países sul-americanos.

Quem são os Desbravadores?

O Clube de Desbravadores é um programa oficial da Igreja Adventista do 7º Dia formado por cerca de 1,5 milhões de meninos e meninas com idades entre 10 e 15 anos, de diferentes classes sociais, cor ou religião ao redor do mundo. Na América do Sul, o grupo soma 199.460 membros, sendo 173.715 brasileiros.

O grupo faz reuniões semanais para aprender e desenvolver habilidades diferenciadas. Além disso, junto aos líderes, esses meninos e meninas trabalham em equipe procurando ser úteis para a sociedade.

O projeto

No sábado 19 de setembro, o tema o menino que acreditou no impossível será discutido pela manhã dentro das igrejas, tendo a Bíblia como base teórica. A partir do início da tarde, desbravadores e voluntários que queiram ajudar colocarão em prática o tema discutido. O grupo distruibuirá os pães em um local previamente escolhido.

Cada Clube tem liberdade para escolher o local que será auxiliado, bem como o tipo e a quantidade de pães que serão distribuídos.  Segundo Zukowski, o desafio de distribuir 1 milhão de pães é pequeno e pode ser superado.

Texto: Aline do Valle


Comentários

WordPress Image Lightbox