Notícias Adventistas

Projetos Pegadas – Cada filho, um discípulo de Jesus, é lançado em toda América do Sul

Por Gislaine Westphal colaboração Eber Pola

Linda Koh, líder Mundial do Ministério da Criança e do Adolescente da IASD, Pr. Don MacLafferty, idealizador, criador do projeto, Graciela De Hein, líder do Minis. da Criança e do Adolescente da DSA e Sonia Rigoli Santos, líder do Minis. da Criança e do Adolescente da UCB e coord. do projeto piloto no Brasil.

A Igreja Adventista tem a cada dia preparado projetos para as crianças, juvenis e adolescentes. O último programa lançado, pela Igreja Adventista do Sétimo Dia Mundial, foi o projeto Pegadas. Este constitui preparar e treinar pais e mentores que queiram trabalhar com outros pais e filhos. A ideia é que sejam estudadas 12 lições em grupo e depois, os pais de maneira lúdica e especial, estudem diariamente com os filhos as histórias da Bíblia. Além disso, os pais estarão dedicando um tempo de qualidade com os filhos e se tornando pais-mentores ao realizar este culto padrão em casa, ou na igreja com outras crianças.

Para lançar e ver que o projeto dá certo, a pedido da liderança do Ministério da Criança da Igreja Geral, a equipe do Ministério da Criança da Igreja Adventista da América do Sul-DSA, escolheu a União Central Brasileira-UCB, região no Estado de São Paulo, para desenvolver o programa piloto.

No mês de março de 2011, equipes do Ministério da Criança da Divisão Sul Americana e da UCB, mais os lideres da igreja de Vila Galvão, da região Paulista do Vale-APV, que foi a escolhida para implantar o projeto, estiveram em Chatanooga, Tennesse, USA, para conhecer o Projeto Pegadas.

Depois de ver excelentes resultados aqui no Brasil com o projeto piloto, entre os dias 19 a 21 de abril deste ano, foi realizado um encontro em São Paulo – Cotia, com todos os líderes da América do Sul, deste ministério para que a implementação acontecesse em toda a região. E Graciela de Hein líder do Ministério da Criança e do Adolescente da DSA, fala porque este projeto é importante, “a ênfase é fazer com que os pais sejam discípulos de Jesus e sejam exemplos para ensinarem os filhos. Nestes dias, aqui em Cotia, estamos treinando os líderes da cada união, para que eles treinem os pastores das igrejas, as famílias e assim a igreja possa ter mais famílias bem consolidadas.”

E a líder Mundial do Ministério da Criança e do Adolescente, Linda Koh afirma, “o conceito deste projeto não é somente levar as crianças na igreja aos sábados, mas sim ensiná-las a ter uma comunhão diária, toda manhã ler e estudar a bíblia, toda noite orar. Só faltam 2 Divisões para implementar o projeto. Independente do país, os pais e as famílias ficam animadas em implementar este projeto, pois é um benefício geral para a igreja. Esta reunião é um bom começo, aqui no Brasil as famílias são muito calorosas isso faz com que o projeto dê mais certo ainda.”

Resultados do projeto Piloto

Participantes do Projeto Piloto em São Paulo – APV

A professora Sonia Rigoli Santos, líder do Ministério da Criança da UCB, a professora Rose Oliveira, da APV e Elimara Moreira, assistente do Ministério da Criança da UCB, animadas para habilitarem uma equipe, que se colocou à disposição, para desenvolver este projeto e passar adiante na região da APV, falam que depois de vários treinamentos, no mês de dezembro 2011, aconteceu a avaliação da fase inicial do plano. “Foi lindo, vimos tantos exemplos maravilhosos, testemunhos fantásticos. Quando nos colocamos ao dispor de Deus, Ele opera milagres. Agora é incentivar os que já estão inseridos no projeto, a participarem da segunda fase – reuniões de estudo da Bíblia em família, dirigidos pelos mentores que participaram da primeira fase. E, a convidar e ensinar pessoas que queiram fazer parte deste programa.” Diz professora Sonia.

O Pastor Don Mac Lafferty, idealizador e criador do projeto, esteve presente em Cotia e comentou, que este projeto de discipulado foi desenvolvido, pois ele percebeu que muitos adolescentes e jovens estavam saindo da igreja por falta de contato com a Bíblia. “O que estes jovens estão fazendo fora da igreja? Porque estamos perdendo eles? E o que podemos fazer de diferente para que os nossos jovens não saiam da igreja? E um dia orando a Deus, tive esta ideia de fazer com que os pais se tornem mais discípulos de Cristo, para que os filhos ao verem este testemunho dentro de casa, também se tornem mais parecidos com Deus. E este projeto se resume nisso, fazer com que a família unida estude mais a palavra, viva mais a palavra de Deus, que é a Bíblia. Alguns versos me inspiraram e eu tenho usado sempre. Atos 2:17, Malaquias 4:5,6 e Deuteronômio 6:4-7.” Diz.

Testemunhos – Vidas transformadas

O Prof. Welington Sousa do Monte e a esposa Rose relataram um milagre que aconteceu na vida deles. Estavam no Rio de Janeiro, tarde da noite, próximo à favela do morro do Alemão quando o pneu estourou. O estepe não se encaixava e os filhos viram que os pais estavam preocupados com a segurança deles, nisto o menino mais novo perguntou se podia orar para Deus enviar um anjo. Depois da oração, um rapaz veio em direção da família dizendo que eles corriam risco parados ali. Tentou ajudar, mas também não conseguiu. Prontificou-se a levar o pneu e a roda para um borracheiro próximo, enquanto eles aguardavam dentro do carro. O menino tinha certeza de que aquele rapaz era um anjo, mas enquanto aguardavam o retorno do mesmo, o filho orou de novo pedindo a Jesus outro anjo porque aquele estava demorando. “Depois desta última oração, outro carro parou e um homem de porte grande veio até nos, dizendo que era muito perigoso ficarmos ali e, se prontificou em levar a mim e os meninos para um lugar mais seguro, mas Welington não concordou. Ai, ele pegou o celular e telefonou pedindo ajuda, era um policial.” Conta Rose.

Neste instante o primeiro rapaz retornou com o pneu e o policial ajudou a colocá-lo. O menino perguntou se eles eram anjos, pois ele tinha orado pedindo dois. E o rapaz respondeu, “Eu vim aqui unicamente para salvar a vida de vocês.”

“A nossa família toda tem aprendido como melhor se relacionar com Deus e sentido o poder da oração em nossa vida.” Termina Welington.

O pastor Josias Falcão e sua esposa Vivian estão envolvidos na liderança do projeto na APV, e eles comentam que o filho Emanuel tem sido um exemplo com os colegas.

“Convidei meu amigo Gabriel para jogar bola, ai eu falei de Jesus, depois convidei ele para ir a Igreja comigo, mas só na quarta vez ele aceitou. Ele tinha medo de não entender nada. Mas ao começar a frequentar a escola sabatina dos juvenis e também começamos a ir ao Clube de Desbravadores  e estudar a Bíblia com Eric Martins, que é pastor na Escola de vila Galvão, meu colega se decidiu batizar.” Fala Emanuel.

Além destas histórias, muitas outras foram relatadas e pode-se dizer que vidas estão sendo transformadas por causa do projeto Pegadas. E a professora Rose Oliveira líder na APV alega, “foi um desafio implementar, mas passamos um dia em oração e preparamos a igreja durante um mês para que o projeto piloto desse certo. E vimos que os grupos se empenharam de tal maneira que milagres aconteceram nas famílias, pessoas se batizaram e famílias se transformaram. Este projeto vem do coração de Deus. Disso eu tenho certeza, por isso é um sucesso.”

Agora o projeto Pegadas – Cada filho, um discípulo de Jesus, está oficialmente lançado em todo o Brasil e a América do Sul, mais de 140 pessoas participaram do evento, entre os líderes das 15 uniões, associações, pastores e membros de igrejas. Todos num único objetivo, “Filho no Discipulado”, ou seja, levar os filhos a confiar mais em Deus, seguir e compartilhar Jesus.

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox