Notícias Adventistas

Projeto viver com esperança atende 530 famílias mensalmente

Em 2012 o projeto completa dois anos de existência, atualmente das 500 cestas entregues, 430 cestas dessas famílias participam de programas em 14 igrejas Adventistas do município.Gravataí, RS…[ASN] As igrejas adventistas de Gravataí participam de um projeto social que auxiliam a comunidade local tanto fisicamente, através de alimentos e roupas, como socialmente através de palestras para famílias, chamado: “Viver com Esperança”. O trabalho é resultado da parceira da Igreja Adventista com a juíza da Vara de Família – Comarca de Gravataí, Maria da Graça Fernandes Fraga. A juíza ajuda manter o projeto que administra doações para 530 famílias cadastradas pelos membros da igreja adventista. O cadastro é feito através de visita nas casas dessas famílias que recebem doações de acordo com sua realidade. Aproximadamente o projeto atende 1.300 a 1.500 pessoas.

Liderado pelo membro da Igreja Adventista, César Valdomiro Stürmer, as cestas são preparadas aos sábados a tarde por uma equipe da Igreja Central de Gravataí e durante o domingo são entregues em 14 igrejas adventistas da cidade. Nos domingos de entrega das cestas básicas uma programação especial é realizada nas igrejas. Logo na entrada, cada pessoa que chega tem sua pressão aferida e pode realizar teste de glicemia com um enfermeiro. Durante a programação recebem dicas de saúde, alguns participam de curso para deixar de fumar e realizam estudo da Bíblia.

“A assistência social para a igreja adventista é uma porta de entrada para que outras pessoas possam conhecer o evangelho. Jesus nos ensinou, Ele mostrou através do seu ministério que ao atender as necessidades das pessoas, Ele tinha abertura para falar do Reino de Deus. E é por isso que a Igreja Adventista trabalha dessa forma.” afirma o presidente da igreja adventista para região leste do Rio Grande do Sul, pastor Marcos Junior.

Levar a mensagem de esperança para as outras pessoas inclui fazer bem ao próximo. O trabalho social atraí pessoas para Jesus. Isso pode ser confirmado através do depoimento de Andréia Pinheiro de Oliveira, que fala dos benefícios de participar do “Viver com Esperança” para sua família: “Eu vim buscar os alimentos doados, mas independente disso, eu vim buscar a paz, e aqui eu me sinto uma nova pessoa. Sou mais feliz, com mais amor, minhas filhas também, somos pessoas diferentes do éramos antes.”, enfatiza.

O projeto Viver com Esperança, que completa dois anos de existência, pretende expandir seu território de atuação para outras cidades, a liderança tem o objetivo de atender as famílias necessitadas também da cidade de Porto Alegre. [Equipe ASN, Bianca Lorini]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox