Notícias Adventistas

Projeto quer multiplicar missionários na América do Sul

No próximo ano, 16 voluntários fortalecerão trabalho evangelístico no Uruguai.

Na sede sul-americana da Igreja Adventista, Liz apresenta os resultados do que fez nos Estados Unidos. Em janeiro, ela e outro missionário liderarão projeto no Uruguai

Brasília, DF… [ASN] Educadora e artista plástica, Liz Motta está realizando um sonho antigo: ser missionária. Ela foi selecionada em meio a aproximadamente 30 candidatos sul-americanos para participar do programa One Year in Mission (Um Ano em Missão), oferecido pela sede mundial da Igreja Adventista e trabalhou durante seis meses em projetos sociais e evangelísticos na cidade de Nova Iorque. Agora, com o que aprendeu durante o período, liderará uma equipe de 16 missionários em Montevidéu, capital uruguaia.

A proposta, que reúne um participante de cada uma das Divisões da Igreja Adventista no mundo, é formar e capacitar missionários para que retornem às suas regiões e repassassem aquilo que aprenderam a outros que também desejam ser missionários. No entanto, durante o processo de seleção, alguns pontos foram avaliados. Era necessário, por exemplo, falar inglês fluentemente, ter um envolvimento ativo nas atividades eclesiásticas, conhecer a Bíblia profundamente, bem como os escritos de Ellen White.

Para envolver a comunidade com a qual deveria trabalhar, Liz e outros missionários fizeram dois projetos distintos. Durante dois meses, eles lecionaram inglês para um grupo de aproximadamente 50 hispanos que, devido ao alto custo do curso de idiomas, não tinham condições de aprender a língua. Outra estratégia utilizada foi oferecer um programa que foi chamado de Curso Internacional de Culinária Saudável. Por virem de diversas partes do mundo, os “chefs” ensinavam pratos baseados na dieta vegetariana e, assim, despertavam a curiosidade da vizinhança.

“A ideia era de que nós cumpríssemos um ciclo de evangelismo e atendêssemos a comunidade para chamar a atenção para a Igreja. Era criar centros de influência. Por serem mais longos, nesse tipo de atividade você conhece mais pessoas”, explica Liz. “A proposta era plantar, cultivar e, no evangelismo, colher.”

Multiplicadores

Ao final, essas mesmas pessoas foram convidadas para as séries evangelísticas que ocorrem na cidade. Além daquelas que se decidiram pelo batismo, outras estão estudando a Bíblia. “Você passa por dificuldades no campo missionário, mas Deus te lapida e você cresce muito. Minha fé está mais forte”, constata ela.

Projeto-quer-multiplicar-missionarios-na-america-do-sul2

“Você passa por dificuldades no campo missionário, mas Deus te lapida e você cresce muito. Minha fé está mais forte”

Agora, Liz começa outra etapa do projeto. Depois de viver a experiência em outro país e aprender lições com aqueles que estão ligados à área evangelística, como o pastor Mark Finley, ela  e outro missionário liderarão uma equipe formada por 16 voluntários sul-americanos em Montevidéu, onde aplicará e ensinará aquilo que aprendeu a partir de janeiro. “Essa experiência me preparou para o que vou fazer agora. Será um campo difícil, mas faremos a diferença quando as pessoas perceberem que temos um Deus”, acredita.

Para o pastor Areli Barbosa, líder de jovens da Igreja Adventista para a América do Sul, o plano é envolver os participantes para que ajudem a comunidade e levem os ensinamentos bíblicos a outras pessoas. “Queremos que essa experiência se torne um marco inesquecível e que eles usem suas habilidades para ajudar esses moradores”, compartilha. “Nós estamos incentivando os novos missionários do futuro.”

Na capital uruguaia, eles realizarão diversas ações comunitárias e evangelísticas. O plano é fundar dois templos. No entanto, o foco é que, ao retornarem para suas regiões, esses missionários se tornem líderes e formem outros missionários. “A proposta é multiplicar e ajudar no crescimento da Igreja”, completa Barbosa.
Quem deseja servir como voluntário em outras regiões do mundo pode acessar o endereço http://voluntariosadventistas.org/ Atualmente, mais de 300 projetos estão disponíveis. [Equipe ASN, Jefferson Paradello]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox