Notícias Adventistas

Projeto missionário marca história do adventismo na Bahia

Programa evangelístico resultou em mais de cem batismos no sudoeste da Bahia.

Emoção com as decisões marcou programa evangelístico no sudoeste da Bahia

Emoção com as decisões marcou programa evangelístico no sudoeste da Bahia

Vitória da Conquista, Bahia … [ASN] A região sudoeste da Bahia recebeu entre os dias 12 e 20 de julho o quarteto Arautos do Rei e o Pr. Luís Gonçalves para a realização do programa A Última Esperança. Com foco evangelístico, o projeto teve ao todo 11 apresentações em quatro cidades, somando distância percorrida superior a mil quilômetros.

A caravana iniciou sua marcha em Jequié, no dia 12. A apresentação única lotou o Ginásio Municipal Aníbal Brito com público superior a três mil pessoas, multidão composta por fiéis adventistas e de toda comunidade cristã. Na ocasião, oito pessoas foram batizadas. No dia seguinte, a programação continuou em Vitória da Conquista, onde, pela manhã os componentes do quarteto e orador do programa estiveram pregando em diferentes igrejas da cidade. Foram ao todo três apresentações na cidade. Realizadas no Ginásio de Esportes Raul Ferraz, as sessões tiveram público somado superior a 10 mil pessoas. Em Vitória da Conquista – cidade que sedia a Missão Bahia do Sudoeste (MBS) da Igreja Adventista do Sétimo Dia, idealizadora do projeto – 20 pessoas foram batizadas.
Cerca de 700 quilômetros adiante, a caravana despendeu maiores esforços no município de Barreiras. Isto porque a cidade possui localização estratégica, o que favorece o crescimento do adventismo. As reuniões foram realizadas no Estádio Geraldo Pereira, onde o evento permaneceu entre os dias 15 e 20 e Calcula-se que um público superior a três mil pessoas esteve presente em cada uma das sessões diárias.
O fortalecimento da Igreja Adventista em Barreiras ainda contou com a mobilização do Evangelismo Escola, idealizado pela sede sul-americana adventista e ministrado pelo Pr. Luís Gonçalves. A capacitação visa a treinar os pastores para o evangelismo público, e esta edição contou com a participação de 60 alunos. Destes, 40 pastores que compõem a MBS e outros 20 representando as outras cinco sedes administrativas que compõem a União Leste Brasileira.
Pedra fundamental – A passagem por Barreiras ainda foi oportunidade para o lançamento de uma pedra fundamental. A solenidade aconteceu na manhã do dia 19 na construção da IASD Central de Barreiras, templo que faz parte dos 650 projetados para o Esperança para as Grandes Cidades; projeto que contempla as 650 maiores cidades estratégicas do mundo com centros de influência adventista. As paredes já erguidas receberam a presença de 70 pessoas, dentre elas o Pr. Geovani Queiroz, Pr. Cícero Gama, Pr. Osmar Borges (respectivamente presidente, secretario e departamental de Ministério Pessoal da Igreja para os estados da Bahia e Sergipe), Pr. Jairo Torres (Presidente da Igreja na região sudoeste da Bahia) e Pr. Adilson Menegazzo (pastor do distrito central de Barreiras).
A cerimônia teve participação do quarteto Arautos do Rei e mensagem apresentada pelo Pr. Luís Gonçalves. O momento foi de dedicação do local, que teve uma capsula de vidro contendo uma Bíblia enterrada no lugar onde estará o púlpito do templo. Mas também foi momento de consagrações dos membros que frequentarão o templo projetado para 400 pessoas.
A passagem por Barreiras encerrou-se no sábado, com programa realizado a partir das 8 horas. A audiência composta por barreirenses e moradores de cidades adjacentes presenciou o batismo de mais de 100 pessoas numa só manhã. E também conheceu histórias bonitas como a de Jeová e Iracema dos Santos, que foram batizados juntamente com seus três filhos. Os cinco eram artistas circenses e decidiram abrir mão dos mais de duzentos anos de tradição da família para servir a Deus. Prestes a se batizar, Iracema declarou: “Hoje tomamos a decisão mais importante de nossas vidas. Estamos largando tudo para servir a quem merece, o próprio Deus.”
Deixar globos da morte, trapézios e fantasias significou abrir mão do sustento da família, mas Jeová afirma que “não importa que trabalho nós teremos amanhã, mas que estejamos servindo ao nosso Deus.” Comovidos pela história, alguns que assistiam o programa se dispuseram a ajudar a família e antes mesmo que o batismo acabasse, os três filhos já haviam recebido bolsas de estudos para a Faculdade Adventista da Bahia. A grande viagem foi encerrada na noite do mesmo sábado, em Luís Eduardo Magalhães, extremo oeste do estado. A audiência no local chegou a 1,5 mil espectadores e o programa contou com o batismo de oito pessoas.
O programa A Última Esperança finalizou com 150 pessoas batizadas na região e vincula-se ao evento o título de maior programa de louvor e adoração já realizado no sudoeste da Bahia. Para o Pr. Jairo Torres “o programa serviu para levantar a autoestima do adventista na região, pois foi um evento de grande porte. Além disso, serviu de motivação para o trabalho missionário. Tenho certeza que após a realização do mesmo, os pastores e membros saem dispostos a servir a comunidade”. [Equipe ASN, Kleber Faye]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox