Notícias Adventistas

Profissionais e instituições adventistas recebem prêmio especial

Além da premiação individual, a iniciativa também inclui a modalidade que contempla o escritório administrativo com melhor desempenho no período e a melhor instituição eleita entre internatos e clínicas adventistas.

 A iniciativa, denominada “Prêmio HSBC” está na sua quinta edição.

A iniciativa, denominada “Prêmio HSBC” está na sua quinta edição.

Curitiba, PR…[ASN] Uma programa realizado pela Igreja Adventista no Sul do Brasil em parceria com o Banco HSBC premiou servidores de instituições e escritórios administrativos da denominação no Sul do Brasil pela contribuição dada à organização adventista. A iniciativa, denominada “Prêmio HSBC” está na sua quinta edição.

Entre os profissionais que concorrem ao troféu estão os da área financeira, contábil, auditoria, recursos humanos, jurídica, patrimonial e de informática. A classificação é feita com base na avaliação anual realizada pela sede adventista para os estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul (a União Sul-Brasileira). Além da premiação individual, a iniciativa também inclui a modalidade que contempla o escritório administrativo com melhor desempenho no período e a melhor instituição eleita entre internatos e clínicas adventistas.

É a terceira vez que Ivan Batista de Souza, de Maringá, sobe ao palco para receber o troféu na categoria auditor interno. Para ele, “o prêmio é uma recompensa pelo trabalho que é feito com dedicação, paixão e entrega”.

Thiago Chiumento, um dos representantes do HSBC presentes na cerimônia, destaca o profissionalismo nos processos e serviços desenvolvidos pela Igreja Adventista. “A gente vê a cada ano essa qualidade sendo aprimorada e resultados cada vez mais efetivos sendo alcançados”, avalia o gerente de relacionamento do segmento Corporate da instituição financeira.

Para o coordenador do projeto e diretor-financeiro da União Sul-Brasileira, Davi Contri, o que o “Prêmio HSBC” e a avaliação que deu origem ao projeto vem possibilitando é não só o crescimento profissional dos servidores, mas também da igreja, com a melhoria na qualidade dos serviços prestados à sociedade. “Comparando os dados colhidos nos últimos anos, percebemos o crescimento, a pontualidade e, sobretudo, a padronização de procedimentos”, acrescenta. [Equipe ASN, Márcio Tonetti]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox