Notícias Adventistas

Portal G1 destaca ação de voluntários adventistas em Cubatão

Ação de 17 membros ganha destaque em matéria do site da globo

Por Lucas Rocha

Uma ação de 17 adventistas em Cubatão ganhou destaque no portal de notícias G1.com. Segundo a notícia, os voluntários, que são membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Cubatão, se revezam em uma escola para a arrecadação de roupas, calçados e alimentos para os desabrigados em decorrência da chuva que caiu na cidade na última sexta, 22 de fevereiro. O volume de água e os deslizamentos de terra causaram danos na região. A rodovia dos imigrantes – estrada que liga a região da baixada santista à capital paulista – foi interditada. Segundo informações da prefeitura, até esta segunda cerca de 473 pessoas estavam desabrigadas.

A Ação Solidária Adventista (ASA) e a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) está mobilizando voluntários para ajudar as vítimas das chuvas em Cubatão. São aceitos os seguintes produtos: água mineral (em copos ou garrafas), produtos de limpeza, desinfetantes, sabonetes, creme dental, absorventes, fraldas infantis e geriátricas, shampoo, copos, pratos e talhares descartáveis, mamadeiras, cestas básicas, roupas, roupas de cama e banho

Você pode ajudar as vítimas em Cubatão entrando em contato com:

São Paulo: Silvana Cazonato, Diretora da ASA: 99827-3026 | Paulo de Tarso, Gerente Regional da ADRA: 99687-9725

Cubatão: Marlene Almeida: (13) 9756-1200 / 8809-1676 | Mauro Almeida: (13) 9114-8791

Confira a integra da notícia publicada no portal G1

Vítimas de enchentes em Cubatão, SP, recebem ajuda de voluntários
Moradores da cidade e de toda Região se unem para ajudar desabrigados. Baixada Santista conta com mais de 10 pontos de doações.

Diversas pessoas das cidades da Baixada Santista estão mobilizadas para ajudar as vítimas da enchente que atingiu Cubatão (SP), na ultima sexta-feira (22). Um grupo de 17 pessoas, da Igreja Adventista de Cubatão, está se revezando com a colaboração na Unidade Municipal de Ensino Julio Conceição.

Voluntários se reúnem para separar roupas, calçados e alimentos que são entregues para as família desabrigadas. De acordo com a prefeitura, alimentos não-perecíveis, fraldas para crianças e idosos e lençóis são os ítens mais necessários no momento.

As pessoas que se interessarem em ajudar e trabalhar como voluntários devem se dirigir a um dos postos de arrecadação e se apresentar a um funcionário da Secretaria de Assistência Social ou Habitação. Os desalojados estão no Centro Esportivo Castelão, que fica na rua Embaixador Pedro de Toledo, 365, Centro, ou na escola Júlio Conceição, localizada à rua Ana Nery, 107, bairro Vila Couto.

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox