Notícias Adventistas

Paulistana realiza primeira escola para evangelistas voluntários

Escola de Evangelistas APSão Paulo, SP… [ASN] Cerca de 200 pessoas das regiões 7, 8, 9 e 10 da AP participaram no Centro de Treinamento, em Cotia, da primeira escola para evangelistas voluntários da associação. Participaram como convidados especiais do evento, os pastores Sidionil Biazzi, presidente da AP, o evangelista para toda a América do Sul, pastor Luis Gonçalves e o evangelista para todo o estado de São Paulo, pastor Emilio Abdala.

Para o organizador do evento e evangelista da AP, Cirilo Gonçalves, o objetivo da escola é ajudar o membro voluntário da igreja, que gosta de fazer evangelismo, a se desenvolver na área de evangelização pública e, na sua igreja local, realizar o evangelismo público de colheita.  “Louvado seja o nome de Deus pelo entusiasmo e pela inspiração desses evangelistas do nosso campo”, diz Cirilo.

Segundo o evangelista para todo o estado de São Paulo, Emilio Abdala, o objetivo da escola é preparar voluntários para que sejam enviados à linha de frente para alcançarem locais que ainda não foram atingidos pela mensagem.

Treinamento para os evangelistasEle explica que pelo menos três áreas são trabalhadas: mente, coração e mãos.  Este conceito está baseado no plano de evangelismo da Associação Paulistana em três áreas: evangelismo, saúde e obra social. “Além do conhecimento cognitivo, também é necessário um conhecimento afetivo e preparo espiritual. Ensinar que sem a dependência de Deus ele nunca poderá realizar o trabalho de Deus”,  afirma o evangelista.

A Escola de Evangelismo é um projeto da Divisão Sul Americana (DSA) e está presente em oito países da América do Sul. “Tem sido uma grande benção, porque irmãos, pastores, membros em geral estão participando com muita paixão e desejo de pregar o evangelho”, diz o pastor Luis Gonçalves, evangelista para toda a América do Sul.

Sidionil Biazzi falando aos presentesGonçalves ainda afirma que é preciso ter em cada igreja um diretor de evangelismo. Para ele, esta pessoa não pode ser uma pessoa técnica, mas precisa ser evangelista. Além de dirigir um departamento, nós estamos preparando pessoas para fazerem campanhas de evangelismo. A ideia não é ter uma estrela na igreja, mas uma constelação cumprindo a missão”, afirma o evangelista para toda a América do Sul.

Luiz Antônio de Queiroz, de Pilar do Sul, afirma que aprendeu muito na escola. “Este encontro trouxe encorajamento, motivação, me estimulou a não desanimar e estar sempre firme no evangelismo”, diz o oficial de igreja.

Os participantes receberam uma pasta contendo vários itens, entre eles sermões evangelísticos, dois cd’s com sermões em power point, um manual de evangelismo produzido pela DSA (Divisão Sul Americana) e músicas para serem usadas nas programações. [Equipe ASN, Isadora Schmitt Caccia]

[fve]http://youtu.be/yxnp8bVKk8A[/fve]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox