Notícias Adventistas

Pastores da Bahia e Sergipe são desafiados a construir mil igrejas

Mais de 300 pastores participaram do evento.Salvador, Bahia…[ASN] A motivação para o serviço religioso e o desafio de expansão da Igreja marcaram o primeiro concílio ministerial da União Leste Brasileira, sede da Igreja Adventista para os estados da Bahia e Sergipe, realizado em Salvador, BA, de 28 a 31 de janeiro. Mais de 300 pastores, responsáveis pela liderança de mais de 2 mil igrejas e cerca de 180 mil fiéis, participaram do evento.

Foi uma oportunidade de reflexão sobre como manter o entusiasmo diante dos desafios diários do ministério pastoral. A psicóloga Cláudia Bruscagin trouxe o tema da resiliência para os pastores. Segundo ela, o autoconhecimento, o exercício de competências sociais, o otimismo e a espiritualidade são fatores que ajudam a enfrentar dilemas do ministério, como o stress.O pastor e jornalista Rubens Lessa, redator-chefe da Casa Publicadora Brasileira, trouxe seminário sobre como evitar ruídos na comunicação. Os cuidados com a administração das finanças e com a imagem pessoal foram assuntos abordados pelo pastor Marlon Lopes, diretor financeiro da Igreja Adventista para a América do Sul. O pastor Rubén René Otto, secretário acadêmico da Faculdade de Teologia da Universidade Adventista Del Plata, na Argentina, fez uma exposição sobre homilética e pregação bíblica. O pastor Alejandro Bullón inspirou os participantes com mensagens devocionais.Além dos seminários, os pastores receberam conselhos sobre as atividades ministeriais do pastor Erton Köhler, presidente da Igreja para a América do Sul. Muitas das orientações se referiram a posições adotadas pelos adventistas, como reavivamento e reforma e estilo de vida cristã. Os líderes da União Leste Brasileira aproveitaram o concílio para referendar votos aprovados por ocasião da Assembleia ocorrida em dezembro do ano passado. Os votos apresentam metas, como a implantação de centros de influência nas grandes cidades e a ampliação de pequenos grupos em ambos os estados.O momento de maior impacto foi o lançamento da campanha Santuários de Esperança. Baseado na proposta de reavivamento e reforma da Igreja, o projeto prevê esforços para levar fiéis a buscar diariamente a comunhão com Deus e a agir em favor do crescimento da Igreja. Para isso, foi lançado o desafio de plantar mil igrejas em cinco anos no território. Durante o lançamento, todos os pastores receberam uma réplica da igreja adotada pela campanha, viável graças a uma parceria entre organizações da Igreja, ministério de apoio internacional Maranatha Volunteers (que constrói igrejas e escolas a baixo custo em todo o mundo), empresários e fiéis voluntários. Além da réplica, pastores marcaram com a própria mão um termo de compromisso, assumindo o desafio de plantar igrejas na Bahia e em Sergipe.
“Saio desse congresso inspirado para cumprir essas metas”, disse o pastor Yure Gramacho, líder do Ministério Jovem para a região metropolitana de Salvador. O  pastor Tiago Pereira, líder distrital em Aracaju, SE, postou em mídias sociais fotos com a réplica da igreja da campanha Santuários de Esperança, afirmando a inspiração do concílio para o seu ministério. [Equipe ASN, Heron Santana]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox