Notícias Adventistas

Igreja realiza 2ª Corrida e Caminhada Mexa-Se Pela Vida em Juiz de Fora

“Eventos como este estimulam as pessoas a terem melhor qualidade de vida”, diz o organizador principal do evento

A largada da Corrida e Caminhada ocorreu no Parque da Lajinha. Foto: Pablo Melo

Juiz de Fora, MG (ASN) … O último domingo, 25 de junho, foi marcado pela 2ª edição da Corrida e Caminhada Mexa-Se Pela Vida em Juiz de Fora, Minas Gerais. O evento ocorreu no Parque da Lajinha, começando oficialmente às 8h. A atividade foi organizada pelo Ministério da Saúde da sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia que engloba a zona da mata e o sul de Minas. No período da tarde teve também a corrida infantil, que aconteceu na pista de atletismo da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). No total, quase mil pessoas se envolveram nessas atividades.

Confira as fotos da Corrida e Caminhada Mexa-Se Pela Vida

De manhã, quem participou da corrida percorreu uma distância de 6km. O trajeto realizado foi do Parque da Lajinha até o Estádio Municipal Radialista Mário Heleno, de onde os corredores fizeram o retorno para o Parque. Já aqueles que participaram da caminhada percorreram uma distância de 3km, metade do mesmo trajeto da corrida. Na corrida infantil, o percurso variou de acordo com a faixa etária de cada participante (50m a 1km).

De acordo com o pastor Gustavo Marques, organizador da atividade e responsável pelo Ministério de Saúde da Igreja Adventista na zona da mata a sul de Minas, um dos objetivos desse evento é incentivar a comunidade a adquirir o hábito pela prática de exercícios físicos. “Essa atividade também é uma forma da Igreja fazer aquilo que ela acredita: cuidar do corpo é cuidar do templo do Espírito Santo. Ao mesmo tempo, eventos como este estimulam as pessoas a terem melhor qualidade de vida”, diz.

Segundo o pastor Gustavo de Sá, que é líder da Igreja Adventista para a zona da mata e sul de Minas, outro objetivo da Corrida e Caminhada Mexa-Se Pela Vida é promover interação entre a Igreja e a comunidade. “Deixar a Igreja participar desse projeto na cidade é mostrar que ela se preocupa com a saúde de todos. Então essa interação tem sido fundamental e muito relevante”, considera o pastor.

Perfis de alguns participantes

Além das crianças, adolescentes, jovens, adultos e pessoas com deficiência física, idosos também se envolveram no evento, como a senhora Maria Cruz, de 72 anos. Ela participou da caminhada. “Eu me inscrevi para a caminhada, mas se no meio do trajeto eu decido correr, faço o percurso da corrida”, brinca Maria. “Eu me sinto motivada a participar dessas atividades porque eu comecei a fazer esse tipo de exercício na beira do rio e até mesmo em estradas. A caminhada para nós, de idade mais madura, é muito importante”, complementa. “Praticar exercícios físicos é uma forma de continuar a vida”, acredita Maria.

Quem decidiu também não ficar de fora da caminhada foi o atleta José Alves. Ele já participou de diversas outras maratonas, como a Corrida de São Silvestre e a Maratona de São Paulo. Porém, há seis anos Alves sofreu um acidente, e hoje ele anda com o auxílio de uma moleta, mas ainda assim continua mexendo-se pela vida através das atividades físicas que consegue praticar. “O que me motivou a participar da caminhada Mexa-Se Pela Vida foi justamente o fato de eu ter sofrido acidente. Para não ficar parado, eu continuei caminhando”, comenta. O foco de Alves é este: “não parar e continuar exercitando-me”, afirma.

O jovem Simeone Oliveira, de 22 anos, também participou das atividades do projeto Mexa-Se Pela Vida. Atualmente ele está internado em uma clínica de recuperação e em processo de finalização de tratamento. Oliveira diz que antigamente não tinha tempo de fazer exercício físico, então para não ficar parado, se inscreveu para participar da corrida. “Essa atividade é uma forma de nós nos inspirarmos e ficarmos motivados para fazer exercícios, a fim de a gente manter a nossa saúde. Isso nos faz muito bem. Estar no meio de pessoas que praticam atividade física nos inspira a fazer o mesmo”, destaca o jovem.

No ano passado, Marcos Ferreira participou da corrida. Neste ano, ele decidiu correr novamente. Ferreira pertence à denominação Adventista do Sétimo Dia, responsável pela organização do evento. “Uma das coisas que me motivam a continuar participando desse evento é o cuidado pela saúde, o que gera motivação para incentivar outras pessoas a participarem do projeto Mexa-Se Pela Vida”, pontua.

Momentos finais

Flávio de Carvalho Stumpf foi o grande campeão da Corrida Mexa-Se Pela Vida. Ele completou o percurso em pouco mais de 18 minutos. “A Corrida foi muito legal. Eu ainda não conhecia o percurso, mas graças a Deus eu corri e consegui o lugar mais alto do pódio”, alegra-se o atleta. “Para mim foi muito gratificante alcançar a primeira colocação, porque eu vim de uma lesão grave. Algumas pessoas falaram que eu não iria conseguir, mas o nome da própria corrida diz ‘Mexa-Se Pela Vida’. Então essa vitória para mim foi uma superação muito grande”, considera.

Amanda Aparecida de Oliveira foi a primeira mulher a cruzar a linha de chegada. Ela completou o percurso em pouco mais de 23 minutos. “Eu fiquei muito feliz com o resultado. Agora, a expectativa é de melhorar ainda mais”, anima-se. Várias equipes organizadas participaram da Corrida e Caminhada Mexa-Pela Vida. Com espírito esportivo, ao final do evento os participantes vibraram com a vitória de seus companheiros e aplaudiram todos os corredores que subiram no pódio. Os finalistas receberam o troféu da atividade, mas todas as pessoas que participaram da corrida e caminhada receberam uma medalha com o símbolo Mexa-Se Pela Vida.

Clique aqui para conferir todos os resultados

Após as atividades, a equipe organizadora do evento postou uma mensagem de agradecimento nas redes sociais, e os participantes registraram comentários positivos acerca da atividade. Confira a seguir alguns deles:

(Equipe ASN, Mayra Marques)

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox