Notícias Adventistas

Debate sobre vegetarianismo na TV destaca Estudo Advento

Médico que coordenou estudo pioneiro sobre o assunto falou sobre benefícios do vegetarianismo a partir de dados científicos

Everton coordenou pesquisa com adventistas em São Paulo e chegou a conclusões que ressaltam a importância de alguns tipos de regimes dietéticos como o vegetarianismo estrito. Foto: Reprodução Youtube

São Paulo, SP … [ASN] O programa JC Debate, da TV Cultura, destacou, na edição do meio-dia dessa quarta-feira, 22, o vegetarianismo. Um dos participantes foi o cardiologista adventista Everton Padilha Gomes, pesquisador do Instituto do Coração, em São Paulo, e coordenador do Estudo Advento. A outra participante do debate foi a nutricionista Natália Utikava.

O médico e a nutricionista explicaram exatamente como funciona a dieta vegetariana, suas diferenças com outros regimes, eliminaram mitos e explicaram que esse tipo de alimentação pode ser muito mais barata do que se imagina.

Na sua fala, o cardiologista aproveitou, também, para apresentar alguns dados relevantes extraídos do Estudo Advento, pesquisa pioneira no Brasil que avaliou o comportamento alimentar de dezenas de pessoas a partir de dados obtidos com adventistas do sétimo dia (grupo de pessoas que procura seguir dietas vegetarianas ou ovolactovegetarianas). “Temos resultados que ainda estamos analisando, mas que já se tonaram muito promissores. A redução de marcadores inflamatórios é um exemplo. Tanto a prática da dieta vegetariana estrita quanto ovolactovegetariana reduziu em torno de 18 a 20%, o IMC reduziu em 20%, a pressão arterial reduziu em 7%. No caso da glicose, houve redução do pefil em 25% nos pacientes com esses regimes”, comentou o coordenador da pesquisa. [Equipe ASN, da redação]

Veja o debate na íntegra:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox