Notícias Adventistas

36 anos de ministério e histórias marcantes

Feira de Santana, BA …[ASN] Após 36 anos atuando como Colportor, Antônio Oliveira se jubila. A cerimônia aconteceu no dia 27 de março em Salvador.

Antônio vive em Capim Grosso, na região central da Bahia, ele sempre quis ser missionário na igreja e percebeu que o ministério da Colportagem poderia ser um meio para realizar o seu sonho. Por essa razão, decidiu ingressar no ministério de publicações. Ao longo da sua trajetória como Colportor, ele levou mais de duzentas pessoas ao batismo. Além disso, participou diretamente da construção de sete igreja na sua região. Sustentou sua família e pagou a faculdade dos filhos apenas colportando.

Durante o ministério, muitas experiências marcaram a vida do Antônio, uma delas foi vivida com José Luiz, que como mecânico, procurava terminar rápido os reparos no seu carro para não precisar ouvi-lo falar sobre de Deus. Depois de receber de presente das suas mãos uma Bíblia e tê-la estudado, o Luiz, conheceu as verdades bíblicas que transformaram sua vida e decidiu ser batizado.

Outro surpresa inspiradora, foi com a Jeneilde Pereira, que comprou o livro O Grande Conflito com o Antônio e dez anos depois, lendo-o, ela também decide se aproximar mais de Deus e viver os ensinos da Bíblia. E não apenas ela, sua família também foi alcançada pela mensagem de esperança.

Com alegria, o Antônio lembra que o sentimento no seu coração hoje ao se jubilar é de gratidão pela maneira como Deus conduziu sua vida. Luiza Mota, sua esposa, se emociona ao lembrar dos momentos vividos nas viagens. E a mensagem que ele deixa a todos os Colportores que virão é: “não olhe para trás, siga em frente”. [Equipe ASN, Roberto Alves]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox