Notícias Adventistas

Voluntários do Geração 148 realizam trabalho comunitário em escola municipal

Cinco bases do Geração 148 e também do G148 Teen participaram da ação.

Os voluntários colocaram a mão na massa e reformaram os parquinhos, a quadra e a horta da escola.

Os voluntários colocaram a mão na massa e reformaram os parquinhos, a quadra e a horta da escola.

Curitiba, PR…[ASN] Enquanto a criançada curte as férias, um grupo de jovens e adolescentes do Geração 148 prepara uma surpresa para a volta às aulas para a Escola Municipal Professora Maria Marli Piovezan, no bairro Uberaba. Os voluntários reformaram no último domingo (17), três parquinhos, quadra esportiva e a hortinha da escola.

Franciane Oliveira é professora da escola e também líder do Geração 148 de uma das regiões.

Além da mão de obra, os jovens também conseguiram os materiais necessários para a reforma.

Além da mão de obra, os jovens também conseguiram os materiais necessários para a reforma.

Observando o desânimo dos alunos diante da estrutura oferecida pela escola, Franciane aproveitou a oportunidade para colocar à disposição as bases do G148 para fazer alguma coisa pelo local. “Fui até a direção para falar que participo de um movimento chamado G148, onde nos ensina e nos motiva a amar o próximo e a praticar o evangelho de Cristo. Então perguntei à ela (diretora) no que este movimento poderia fazer para melhorar a qualidade de vida dos nossos alunos dentro da escola. Ela ficou muito feliz dizendo que foi Deus que me enviou, pois a escola está sem verba e queria muito que os alunos tivessem uma surpresa na volta às aulas”, conta a professora.

Com a permissão concedida, o momento é de agir. Franciane convidou as bases para ajudar nesta ação. Entretanto, o desafio ia além da mão de obra, já que não havia nenhum material para dar início à reforma. Uma verdadeira força-tarefa aconteceu para que os voluntários conseguissem correr atrás dos materiais.

Funcionárias da escola também colaboraram com a ação.

Funcionárias da escola também colaboraram com a ação.

O receio diante das dificuldades deu lugar à determinação. Os participantes levaram os materiais necessários e a reforma pôde ser executada. Mesmo em um domingo pela manhã, com o frio, cinco bases do G148 e também G148 Teen compareceram à escola e concluíram o trabalho. Funcionárias da escola estiveram presentes e se surpreenderam com a disposição e mobilização dos adventistas.

“Foi gratificante esse momento. Tenho a certeza que na volta às aulas as crianças terão uma surpresa mesmo. É tão fantástico tirar sorrisos verdadeiros de seres pequeninos. As coisas estão cada vez mais difíceis, mas devemos parar de blá blá blá, porque com Deus as coisas se tornam menos difíceis. O testemunho e o evangelho foram dados na prática com a permissão do nosso Deus”, conclui Franciane. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox