Notícias Adventistas

Voluntários auxiliam torcedores e profissionais no estádio da Chapecoense

Adventistas têm oferecido água mineral e literatura para confortar pessoas que passam pelo local

whatsapp-image-2016-12-01-at-21-22-33

Voluntária entregam kit solidário a jornalista (Fotos: Moisés Móra)

Chapecó, SC… [ASN] Centenas de fiéis adventistas estão engajados em ações de solidariedade no estádio da Chapecoense, no oeste de Santa Catarina, desde a tarde de quarta-feira, 30 de novembro. Além de dizer palavras de conforto e esperança, os voluntários distribuem kits com água mineral e literaturas de reflexões bíblicas aos familiares das vítimas, torcedores, jornalistas e equipes de apoio que trabalham no local.

Leia também:

O voo que levava a equipe catarinense para a final da Copa Sul-Americana caiu antes de chegar à cidade de Medellín, na Colômbia, na madrugada de 29 de novembro. O acidente causou a morte de 71 pessoas entre jogadores, comissão técnica, dirigentes e profissionais de imprensa.

Segundo os voluntários, haverá maior engajamento deles a partir da manhã do próximo sábado, 3, período em que devem passar cerca de 100 mil pessoas no funeral coletivo que ocorrerá na Arena Condá, estádio da Chapecoense.

De acordo com o pastor Moisés Móra, líder dos jovens adventistas na parte norte de Santa Catarina, nesse momento de dor e tristeza o envolvimento massivo dos fiéis locais, por meio de ações práticas, é fundamental. “Nós queremos ser relevantes levando esperança através de atitudes, não apenas de palavras”, enfatiza.

Mão estendida

“Não é hora de receber apenas ajuda financeira e outros jogadores para a equipe. O que precisamos no momento é de atitudes como essas, que nos faz sentir abraçados e amados”, descreve Marcelo Brusque, gerente comercial e amigo de pessoas que pereceram na tragédia.

A previsão é que os corpos das vítimas cheguem a Chapecó na madrugada de sábado. Porém, os portões do estádio só serão abertos ao público no amanhecer, conforme informou o presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo. Nesse dia do velório, os adventistas montarão estandes próximo ao local, onde serão disponibilizados pontos de energia elétrica para recarga emergencial de aparelhos de celular. Além disso, haverá o “Táxi da Esperança”, que terão automóveis de plantão para ajudar nos deslocamentos dos parentes das vítimas.

Entre as pessoas que foram atendidas pelos voluntários adventistas estavam alguns torcedores do Atlético Nacional, que vieram ao Brasil para assistir a segunda partida da final da Copa Sul-Americana, que iria ocorrer na cidade de Curitiba na próxima quarta-feira, 7. “Viemos para torcer pelo nosso time, mas agora queremos prestar também nossa solidariedade”, relata Harold Balbin, um dos torcedores do time colombiano.

Agradecimento

Nesta sexta-feira, 2 de dezembro, um grupo de adventistas do sétimo dia teve um encontro, a convite da Embaixada da Colômbia, em Brasília, para agradecer por aquilo que o governo colombiano fez em relação ao acidente. O ato foi rápido, curto e idealizado pela adventista Priscila Santana, mantenedora da página Senhor, salve o Brasil. Instrumentistas tocaram algumas canções cristãs e dois pastores fizeram agradecimento oficial em nome da Igreja Adventista e do Brasil. O pastor Jaire de Oliveira lembrou que a gratidão é um gesto importante. Já Rafael Rossi, diretor de Comunicação da Igreja Adventista em oito países sul-americanos, ressaltou que os adventistas estão apoiando os familiares das vítimas em Chapecó com ações de solidariedade. [Equipe ASN, Paulo Ribeiro, com informações de Felipe Lemos]

Momento da homenagem idealizada pela adventista Priscila (saia verde) na Embaixada da Colômbia. Foto: Felipe Lemos

Momento da homenagem idealizada por Priscila (saia verde) na Embaixada da Colômbia (Foto: Felipe Lemos)

Veja, abaixo, imagens da ação em Chapecó:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox