Notícias Adventistas

Voluntários celebram resultados evangelísticos do projeto Um Ano em Missão

Aproximação com a comunidade ocorreu por meio de cursos oferecidos pelos participantes.

23 de setembro de 2015
Cuidado com as pessoas foi uma das marcas dos jovens voluntários da campanha.

Cuidado com as pessoas foi uma das marcas dos jovens voluntários da campanha.

Lauro de Freitas, BA… [ASN] Foi a celebração do espírito voluntário e do senso de missão. Na segunda-feira, dia 21 de setembro, integrantes do projeto evangelístico Um Ano Em Missão realizaram a cerimônia de conclusão da campanha, iniciada no dia 29 de março. Foram seis meses de atuação no bairro de Vilas do Atlântico, um antigo condomínio planejado que se tornou bairro nobre da cidade de Lauro de Freitas, na Grande Salvador, na Bahia. Como resultado da ação, houve batismos e a participação de cerca de 50 pessoas em vários serviços voluntários oferecidos para a comunidade.

Leia também:

O projeto Um Ano em Missão é uma iniciativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia que prepara jovens missionários para servirem durante pelo menos seis meses em lugares que representam desafios evangelísticos. Na campanha deste ano, foram 11 jovens que se concentraram em Lauro de Freitas, com destaque para a participação de quatro voluntários peruanos. O desapego é a principal característica desse tipo de missionário. Geralmente deixam cursos, empregos, famílias e projetos pessoais para mergulharem nessa experiência missionária intensa. “Isso é algo que pode ser incompreensível para muita gente; quando as pessoas não pensam mais umas nas outras, nós deixamos tudo para vir aqui e mostrar que é possível cuidar sim do outro”, disse a voluntária Taíza Azevedo Reis. Formada em Administração de Empresas com habilitação em marketing, ela deixou um emprego em um banco privado e um doutorado na Universidade Federal da Bahia para dedicar-se ao projeto.

Tendo como base a estrutura da Igreja Adventista no bairro de Vilas do Atlântico, os voluntários ofereceram cursos de informática, de idiomas, com ensino de inglês e espanhol, culinária, violão, violino e teoria musical. Os cursos gratuitos foram uma forma de se aproximar das pessoas. Os missionários adotaram a estratégia de fazer amizade com servidores de portarias de condomínios, para conseguir, dessa forma, entrar nesses ambientes fechados. Deu certo. Muitas pessoas participaram dos cursos, e a partir daí se encantaram pela mensagem e pelo exemplo. “O que mais chamou a atenção não foram os cursos, que eram excelentes, mas a forma como eles tratam as pessoas e o interesse que demonstraram por cada um de nós”, afirmou Renata Maciel, alcançada pelo projeto.

Grande parte das pessoas que responderam ao convite dos missionários eram simpatizantes da TV Novo Tempo. É o caso de Marisa Costa, que assistia ao canal quando foi visitada pelos voluntários. Marisa estava vivendo uma crise pessoal quando foi abordada pelos jovens do projeto, e a partir de então ela encontrou um acolhimento que fez diferença em sua vida. “Eu agradeço o abraço, o carinho, a atenção, as mensagens que mandaram todas as manhãs, as visitas, que aconteceram mesmo quando fazia chuva ou sol, mas sempre com sorriso nos lábios, sempre se doando”, disse, emocionada.

O encerramento da campanha em Lauro de Freitas marcou também o anúncio da campanha em 2016. Um grupo de 14 missionários será escolhido para evangelizar a cidade de Lençóis, na chapada diamantina, região turística que representa um desafio para o adventismo na Bahia. [Equipe ASN, Heron Santana]

Conheça um pouco mais sobre essa experiência:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox