Notícias Adventistas

Quebrando o Silêncio recebe apoio de órgãos públicos no DF e entorno

Campanha foi apresentada em diversos locais para representantes de instituições públicas que trabalham no combate à violência

Revistas sobre o projeto foram distribuídas para espectadores do desfile

Brasília, DF… [ASN] No desfile cívico do feriado de 7 de setembro, a Escola Adventista de Posse aproveitou para divulgar a campanha Quebrando o Silêncio.

Autoridades também receberam material sobre a campanha

Segundo a professora Sonia Monte, mais de sete mil pessoas assistiram ao desfile. “Ao conversar com o secretário de educação, ele comentou comigo sobre o impacto que teve este momento na vida de muitas crianças e adolescentes. Aproveitei e falei mais sobre o Quebrando o Silêncio. O desejo dele é que o projeto não fique somente em uma escola, mas que transmita alertas, orientações e prevenções para todos os alunos do município”, conta.

Leia também:

A Igreja local também esteve presente apoiando e participando do desfile. Cerca de 800 livros missionários foram entregues a pessoas que passaram pelo estande da escola, montado no local.

Também no dia 31 de agosto, a campanha participou do II Seminário de Policiamento de Prevenção Orientado a Violência Doméstica (Provid), realizado pela Polícia Militar do Distrito Federal.

Representantes do Quebrando o Silêncio juntamente com a equipe do Provid

O Provid atua na prevenção e enfrentamento da violência doméstica e familiar. Por esse motivo, busca parcerias para formar uma rede de apoio e proteção às vítimas. O evento aconteceu no auditório da Fundação Universa, na Asa Norte. O objetivo foi divulgar as ações desenvolvidas pela corporação e falar sobre as implicações legais nos casos de violência contra a mulher. A Igreja Adventista foi convidada para participar do evento. E, na ocasião, pôde apresentar o projeto.

Ação social esclareceu o público a respeito das formas de denunciar

Em Sobradinho Oeste, cerca de 400 pessoas da comunidade foram beneficiadas por uma ação social que ofereceu serviços de saúde, corte de cabelo, massagem e esclarecimentos a respeito da campanha e das atividades do Conselho Tutelar.  A assistente social Francisca Alves, conselheira tutelar de Sobradinho II, esteve presente apoiando o projeto. Segundo Francisca, eventos como esse são importantes para esclarecer a população que não está totalmente ciente de seus direitos. “Se houvessem mais esforços para divulgar o passo a passo da denúncia, a gente reduziria bastante o índice de violência”, diz. A assistente social conta ainda que, após a ação social, uma pessoa procurou o Conselho Tutelar para quebrar o silêncio e fazer uma denúncia.

Para Estevão dos Reis, um dos organizadores da ação e assessor da Câmara Legislativa do DF, a campanha é de extrema importância para levar informações que influenciam na tomada de decisão para denunciar. “Entendemos que a nossa missão é servir a exemplo de Cristo e, com a ação social, alcançamos um maior número de pessoas”, conclui. [Equipe ASN, Pâmela Meireles]

 

 

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox