Notícias Adventistas

Quebrando o Silêncio adota escolas no DF e entorno

WhatsApp Image 2016-0-26 at 4.36.38 PM

Lucilene se preocupa com o percentual elevado de jovens que consomem álcool.

Brasília, DF… [ASN] Em oito países da América do Sul, a semana que antecedeu o dia 27 de agosto, foi marcada pelas ações da campanha Quebrando o Silêncio. No Distrito Federal e entorno não foi diferente. Até agora, 35 instituições de ensino receberam palestras sobre a campanha que segue até o fim do ano, o que resultou em, aproximadamente, 12 mil alunos conhecendo a campanha.

Em 2016, o diferencial do Quebrando o Silêncio na região do Planalto Central foi o programa Adote uma Escola. “Em setembro continuamos com outras escolas e queremos alcançar mais 20. Nossa meta é dar continuidade ao projeto ao longo do ano com outros temas e ações a fim de consolidarmos os valores e princípios de uma vida sem violência e sem vícios com as crianças, adolescentes, educadores e pais”, explica Lucilene Britis, diretora da campanha na região.

WhatsApp Image 2 11.36.26 PM

Algumas cidades realizaram passeatas no sábado, 27.

Uma das preocupações de Lucilene é o fato de que, segundo ela, um percentual elevado de alunos do oitavo, nono ano e Ensino Médio já estão consumindo álcool ou algum tipo de drogas. “Isso, para muitos, é normal dentro da realidade que eles vivem e pelas referências que existem no seu ambiente familiar”, conta.

A professora Vera Lúcia Faria dá aulas na Escola Municipal Dalva VI, em Novo Gama, GO. Este é o segundo ano em que a escola recebe o Quebrando o Silêncio. Segundo Vera Lúcia, a campanha é muito importante para os alunos da instituição localizada em uma região que sofre com a violência doméstica e o tráfico de drogas. “A partir das palestras, a criança vê que ela pode falar sobre o assunto, quebrar esse paradigma que ela tem que ser como os membros da família e da comunidade em que ela vive”, diz. No ano passado, após ouvirem a palestra, crianças denunciaram crimes de abuso que estão sendo acompanhados por autoridades competentes.

Também aconteceram ações internas nas igrejas com sermões, fóruns e passeatas, com destaque para Pedregal, Samambaia Sul, Planaltina Norte, Recanto das Emas e Posse que impactaram suas regiões com entrega de materiais, serviços de aferimento de pressão e controle de glicose. [Equipe ASN, Pâmela Meireles]

Confira outras ações realizadas durante a campanha:

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox