Notícias Adventistas

Projeto Viva Melhor beneficia famílias paraibanas e potiguares

As doações são resultado de um em parceria com a fundação suíça Advent-Stiftung e a Igreja Adventista do Sétimo Dia nesse território

Nova Parnamirim, RN, [ASN] No domingo (07), em Natal (RN), 50 famílias carentes da capital e região foram contempladas com equipamentos para começarem um pequeno negócio, graças a parceira da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD)  e a Adventist Stiftung, fundação suíça que incentiva projetos de geração de renda.

Atuando há mais de 25 anos no Brasil, a Advents Stiftung num trabalho em conjunto com a IASD em diversos Estados brasileiro, têm mudado a vida de centenas de pessoas.

Jailma Silva há um ano recebeu um fogão e uma panela de pressão, ambos industriais. Ela conta que na época  estava desempregada e sem perspectivas, mas graças ao projeto “Viva Melhor”, pôde dar outro rumo à sua vida. “Minha vida e da minha família mudou depois que recebi os equipamentos. Hoje eu trabalho fabricando produtos naturais, e Deus tem abençoado tanto as vendas destes produtos que já estou exportando para outros Estados no Brasil e para o Estados Unidos. Eu me agarrei a oportunidade que me foi dada”, concluiu.

Para o professor, sociólogo e antropólogo, Giuseppe Carbone, diretor da fundação para a América do Sul, o projeto é uma repetição do que Jesus fazia pelas pessoas, ajudava os necessitados. E desde que iniciaram o projeto pelos países assistidos, não têm falhado com o compromisso. “São mais de duas décadas e meia atuando nessa área, sem falhar. Nosso objetivo é repetir os atos de Cristo, como seus imitadores, ajudando aos menos favorecidos. Tenho certeza que Ele ficaria feliz em ver que Seus filhos estão sendo assistidos. É uma manifestação de amor”. Pontuou.

Foram entregues Carrinhos de lanche, de picolé, de churros, de Açaí, salão de beleza, freezers, fornos, fogões, assadeiras, kits de solda e kits de pedreiro, entre outros.

Todas os contemplados passaram por um processo de escolha, onde foi observado o perfil empreendedor de cada um, além de uma avaliação de cada candidato. Após esse processo realizado por uma assistente social, eles tiveram aulas sobre empreendedorismo, com especialistas na área.

Os novos empreenderes serão acompanhados, tendo também, um suporte nos três primeiros meses. Estes ficam cientes que o equipamento é pessoal e intransferível, ou seja, não poderá ser vendido ou repassado  a outra pessoa.

Para pastor Geison Florêncio, presidente da IASD para esse território, ao ver que novos empresários surgem, a igreja sente alegria de contribuir com essa melhoria. “Nosso sentimento é de felicidade e satisfação por contribuir com a vida das pesssoas, pois saem daqui com diplomadas, certificado de pessoas sinceras e que estão prontas a empreender e ter novas oportunidades e uma vida melhor”, declarou.

Todo o trabalho que antecedeu a entrega, como o acompanhamento aos novos empreendedores, não só oportunizará o sustento da família, como contribuirá para o desenvolvimento profissional de cada beneficiado.

Na próxima sexta (19)  acompanhe no Revista Novo Tempo, a história de uma ex-moradora de rua que foi beneficiada pelo projeto. Assista pelos canais: Sky (canal 14), Net  e Claro (canal 184) e Oi (canal 214)[Equipe ASN, Andréa Figueiró]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox