Notícias Adventistas

Projeto envolve adventistas no auxílio a moradores de rua

Iniciativa também tem incentivado fiéis a dedicar tempo e talentos para ajudar mais pessoas

Equipe é formada por adventistas das igrejas adventistas do Estreito e Campinas

Florianópolis, SC… [ASN] Adventistas da grande Florianópolis vem realizando há 3 meses o projeto Remissão, uma iniciativa que ajuda moradores de rua socialmente e espiritualmente. São voluntários que a cada 15 dias atendem cerca de 120 pessoas no centro da capital. E no dia 27 de setembro, uma reunião ampliou o apoio da sede administrativa da Igreja Adventista no centro sul de Santa Catarina (Associação Catarinense – AC) à iniciativa. Agora, a instituição recrutará mais voluntários e incentivará mais doações de donativos pelos membros da região.

Leia também:

“Nós já estávamos apoiando o projeto desde o começo, inclusive com recursos. Mas agora queremos mais pessoas envolvidas, por isso iremos divulgar em mais igrejas. Além disso, pretendemos auxiliar ainda mais na captação de recursos e materiais”, explica o pastor Jeferson Fortes, diretor da Ação Solidária Adventista (ASA) para o centro sul do Estado. Atualmente, os fiéis das igrejas de Campinas e Estreito estão trabalhando no projeto, oferecendo café da manhã, almoço, banho, kits de higiene pessoal, corte de cabelo, roupas e atendimentos psicológicos e de enfermaria. A Prefeitura de Florianópolis também é uma das parceiras, e cedeu um local para as atividades.

A iniciativa foi proposta pela pedagoga Juliana Gobira (à esquerda na foto abaixo). “Eu e meu esposo somos os idealizadores do projeto. Começamos em Curitiba e faz uns sete meses que nós nos mudamos para Florianópolis. Hoje o projeto já acontece em Goiânia, Guarulhos e continua em Curitiba”, explica. “Assim que conhecemos o projeto, toda a equipe da ASA se prontificou a ajudar. Além disso, muitos membros da igreja que estavam sem envolvimento quiseram participar”, explica Suzana Ferreira, líder da ASA na congregação de Campinas.

 

Reunião firmando continuidade do apoio da Associação Catarinense para o projeto

Bruno Rodrigues é uma das pessoas que recebeu auxílio do Remissão. Natural da cidade de Guarujá, em São Paulo, mudou-se para Florianópolis neste ano e passou a morar na rua após não conseguir oportunidades de emprego. “Eu recebi ajuda do projeto e isso me deu muita força. Atualmente minha vida tem melhorado e tenho um local para morar, por exemplo. Também resolvi ser um voluntário no Remissão e tenho frequentado a Igreja. Meu desejo é dar dignidade para as pessoas, assim como fizeram comigo no passado”, sublinha.

O Remissão tem feito a diferença também para quem tem colaborado voluntariamente, como é o caso de Bruna Almeida. “O projeto me ajudou a estar mais próxima de Deus. Eu sempre gostei de ajudar e creio que doar-se faz bem tanto para quem ajuda como para quem recebe apoio. Por isso, motivada pelo projeto, resolvi ser batizada”, destaca Bruna, que foi batizada no dia 23 de setembro.

“A missão da ASA é transformar a vida das pessoas e salvá-las para o reino do céu. O projeto Remissão cumpre essa missão. Atende a necessidade do próximo e dá a oportunidade de conhecerem o evangelho, assim como Cristo ensinou. Por isso, o mínimo que podemos fazer é continuar apoiando o projeto”, ressalta o pastor Apolo Abrascio, presidente da Igreja Adventista na região. [Equipe ASN, Daniel Gonçalves]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox