Notícias Adventistas

Projeto adventista ajuda refugiados em situação de emergência

Para continuar ajudando os refugiados são necessários médicos voluntários e apoio financeiro

proyecto-adventista-ayuda-a-refugiados-en-situacion-de-emergencia-1

Adventist Help está ajudando mais de 600 refugiados e busca ajuda financeira e voluntária de médicos (Foto: Michael-John Hörsten)

Brasília, DF… [ASN] Um novo projeto do Adventist Help (iniciativa médica humanitária adventista) foi estabelecido no mês de março de 2016 para ajudar os refugiados que cruzam o mar Mediterrâneo com a esperança de encontrar paz longe do horror que os separa de seus países em guerra. Atualmente, ela atende 600 refugiados, em sua maioria de origem afegã, localizados a 50 km da cidade de Atenas, no acampamento denominado Oinofyta, na Grécia.

Leia também:

Os refugiados estão alojados em uma antiga fábrica e recebem tratamento diário de profissionais da saúde física e mental, todos atuando como voluntários. O médico coordenador do projeto, Michael-John Von Hörsten, comenta que o próximo desafio do Adventist Help é estabelecer uma clínica dental/médica móvel para prestar serviços também a outros acampamentos de refugiados.

No momento, a iniciativa tem a responsabilidade de dirigir a clínica, em cooperação com a Força Aérea Helênica, a ACNUR, e trabalha com organizações como DoYouPart.org e Armanano Aid, organizações sem fins lucrativos, com o mesmo objetivo solidário. As organizações “estão fazendo o melhor para dar aos residentes do acampamento, na medida do possível, uma boa qualidade de vida”, Hörsten diz. Além disso, ele informa que o acampamento de Oinofyta conta agora com uma nova escola, quartos para mães e áreas para a prática de esportes, “mas ainda falta muito”, acrescenta.

“Este projeto é muito diferente do último (Lesbos), porque agora estamos tratando com cuidado, a longo prazo, desses grupos vulneráveis. É muito especial e único para nós porque agora podemos desenvolver relacionamentos mais estreitos com cada um dos refugiados no acampamento e criar uma diferença tangível em sua vida”, afirma o médico.

Triste realidade

Os meios de comunicação informam que são mais de 50 mil refugiados permanecem na Grécia, país que passa por recessão econômica. A imprensa até mesmo indica que crianças refugiadas estariam se envolvendo com a pornografia infantil para pagar o alimento de suas famílias. Os refugiados no país estão amedrontados à espera do resultado de seu processo de solicitação de asilo, pois, do contrário, terão de voltar a países como a Turquia.

Milhares deles perderam o contato com seus entes queridos nas zonas em guerra. Não têm certeza se seus familiares ainda estão vivos. Ao chegar à ilha grega, os refugiados têm também de enfrentar as mudanças climáticas.  No verão os dias são muito quentes, e no inverno muito frios. Muitos vivem em barracas, tornando especialmente difícil a vida para idosos, crianças e mulheres grávidas.

proyecto-adventista-ayuda-a-refugiados-en-situacion-de-emergencia-2

Ao fundo, ônibus com a primeira clínica médica móvel que atendeu os refugiados no final do ano passado (Foto: Michael-John Hörsten)

Desafios atuais

“Há muitas regiões na Grécia nas quais os refugiados não estão recebendo atenção adequada, como a que é oferecida em nosso acampamento (Oinofyta). A situação é ainda mais difícil na região leste, como na Turquia, Iraque, etc. Ficaríamos muito felizes de poder fazer mais”, Hörsten afirma. Ele também adverte que “é necessário financiamento para os medicamentos, para a equipe médica e para os gastos operacionais. Estamos buscando conseguir um centro dental, bem como uma clínica móvel para prestar melhor serviço”, conclui.

Como ajudar

A verdade é que Oinofyta conta com 600 refugiados e que, no presente, a cada dia outros mais se somam. Por conseguinte, os custos diários operacionais são muito altos e a quantidade de uso de medicamentos segue aumentando. Assim sendo, o Adventist Help apela aos médicos interessados em fazer parte da equipe a que se unam ao projeto de voluntários. Há também uma equipe de apoio que gerencia os aspectos administrativos da organização. “Por favor, sintam-se livres para contatar-nos caso tenham interesse em se envolver”, Hörsten afirma e diz que até o momento o trabalho segue bem.

Todos os fundos doados são enviados diretamente para o trabalho realizado pelo Adventist Help por meio de sua clínica móvel. A organização reforça que está preocupada com a transparência e com o uso do dinheiro dos doadores. Até mesmo se o doador tiver alguma área específica que gostaria de apoiar, poderá fazê-lo ao entrar em contato pelo e-mail: greece@adventisthelp.org e sua doação poderá ser utilizada de acordo com seu desejo.

Para doar em apoio ao projeto da clínica móvel, que beneficia centenas de refugiados, utilize os dados a seguir:

Conta exclusiva para Adventist Help:

Banco: Luzerner Kantonalbank

6002 Luzern, Switzerland

Markus Alt-Buckley, Sonnmattstrasse 46, 6043 Adligenswil

IBAN: CH57 0077 8158 4435 1200 3

SWIFT: LUKBCH2260A

Adventist Help

Adventist Help é uma iniciativa médica humanitária, estabelecida em junho de 2015 pelo Adventist-laymen’s Services & Industries –ASI (correspondente à FE – Federação dos Empreendedores Adventistas), em resposta à crise de refugiados que ocorre no Oriente Médio e na Europa. Essa é uma organização de empresários leigos e de profissionais adventistas que está envolvida em projetos de longa duração no mundo inteiro. [Equipe ASN, Cárolyn Azo]

Conheça mais sobre o projeto no vídeo abaixo (em inglês):

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox