Notícias Adventistas

Pequenos grupos levam solidariedade para mais de 32 mil pessoas

Voluntários de pequenos grupos prestaram serviços como orientação sobre higiene bucal para crianças.

Lauro de Freitas, BA …[ASN] Antonio Romário Costa dos Santos é montador de andaimes e trabalha em obras de construção civil em Camaçari, região industrial da Grande Salvador. Ele recebeu um convite para participar de uma semana com ações voltadas para o cuidado com a saúde, alimentação e bem-estar. Por consideração ao amigo que o convidou, visitou a casa aonde estava acontecendo o movimento, logo no primeiro dia. “Eles falaram sobre cuidados com a saúde, alimentação, sobre doenças como tuberculose. Não parei de vir a semana toda e agora já penso em cuidar um pouco mais de minha própria saúde”, disse.

Romário é um entre 32.502 beneficiados pela semana social dos Pequenos Grupos, ocorrida nos estados da Bahia e de Sergipe. Foram 5.275 lares abertos na semana que antecedeu a campanha evangelística O Resgate, de acordo com dados divulgados na quinta-feira, dia 13 de abril, pelo Ministério de Pequenos Grupos da União Leste Brasileira – sede da Igreja Adventista do Sétimo Dia para Bahia e Sergipe.

As atividades foram variadas. Nesse pequeno grupo, voluntários ofereceram serviços de beleza para a comunidade.

Ações voluntárias, como manicure, corte de cabelo, massoterapia, palestras sobre condicionamento físico, oficinas sobre cura pelos alimentos, higiene bucal, doação de roupas, doação de cestas básicas de alimentos, sopão, aferição de pressão arterial, entre outras, fizeram parte de uma rede solidária que transformaram lares em pólos de generosidade. “A mensagem de Jesus é pregar o amor. Estamos numa campanha para desenvolver mais compaixão, para passar para as pessoas a esperança de um mundo melhor”, disse Marise Menezes, integrante de pequeno grupo na Grande Salvador.

“A Semana Social foi uma demonstração da capacidade dos pequenos grupos em transformar radicalmente a vida das pessoas, atendendo suas necessidades e apontando o caminho para seguir a Jesus e compartilhar salvação”, disse o pastor Osmar Borges, líder de Pequenos Grupos para Bahia e Sergipe.

Jaílton Reis, coordenador de Pequenos Grupos do distrito Nova Vitória, bairro de Camaçari, concorda com Borges. Para ele, a semana social é uma chance de mostrar a prática compassiva da igreja. “Uma semana com tantas ações de solidariedade dá um impacto significativo, porque as pessoas, depois de atendidas, abraçadas, acolhidas em suas necessidades, ficam mais sensíveis para a mensagem”, afirmou. (Equipe ASN, Heron Santana)

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox