Notícias Adventistas

Passeata do projeto Quebrando o Silêncio terá apoio da Prefeitura de Pinheiral no Rio

Projeto conscientiza sobre abuso e violência na maioria dos países da América do Sul neste final de semana.

Rio de Janeiro, RJ [ASN] A violência não tem limites, nem a crueldade das pessoas. Ela vira notícia nos jornais e comentários de conversas alheias. Alguns ficam impunes, outros são condenados por seus atos hediondos. Amanhã, dia 26, acontecerá uma passeata do projeto Quebrando o Silêncio, no município de Pinheiral, região sul do estado do Rio de Janeiro.

Durante o mês de agosto, a Igreja Adventista do Sétimo Dia enfatiza com maior intensidade um basta contra a violência, este problema social. O projeto Quebrando o Silêncio existe desde 2002 e tem como objetivo a conscientização e o combate da violência contra crianças, mulheres e idosos. Cada ano, uma ênfase é abordada pelo projeto, que visa ajudar pessoas que sofreram violência ou algum trauma, para que tenham a chance de superar e conseguir seguir a vida da melhor maneira possível. Este final de semana o projeto acontecerá na maioria dos países da América do Sul, entre eles o Brasil.

Mulheres compartilharam suas histórias – uma forma de iniciar o combate à violência.

Ontem, dia 24, foi realizado um encontro com vinte mulheres no CRAS em Pinheiral, com a participação de assistentes sociais e psicólogas. Rosana e Claudia (nomes fictícios) concordaram em contar suas histórias de sofrimento e violência que haviam passado com os respectivos maridos e de como elas conseguiram se libertar do abuso. Uma delas, que tem duas filhas e apenas 28 anos de idade, contou que só conseguiu denunciar o marido agressor porque teve a coragem de expor um vídeo nas mídias sociais e isso tomou uma proporção enorme, com mais de 1 milhão de visualizações.

Durante a palestra foi realizada uma dinâmica onde cada mulher presente tinha a oportunidade de contar sobre ela, sua família, sofrimentos e vitórias. “Foi um momento muito marcante e emocionante, pois algumas delas conseguiram contar ali fatos da vida e colocar para fora momentos de violência sofridos em casa. Falar ajuda, acho que é o primeiro passo para quem precisa de ajuda”, revela Raquel Ross, que está organizado o projeto Quebrando o Silêncio na região.

Hoje o mesmo encontro acontecerá no CRAS de Parque Mayra, às 13h30 e será aberto ao público. O endereço fica na Rua Manaus, 77, bairro Parque Mayra. Para maiores informações ligue: (24) 3356-5689

Todas receberam materiais de divulgação do projeto com informações sobre como denunciar abuso e violência.

Amanhã, dia 26, a partir das 15h, será realizada uma Feira de Saúde na Praça Luiz Gonzaga, em Pinheiral, com passeata, apresentação da Turma do Nosso Amiguinho e presença dos Doutores de Esperança. Uma realização da Igreja Adventista do Sétimo Dia e da Prefeitura de Pinheiral com apoio da ADRA – Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais e do departamento do Ministério da Mulher da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Pinheiral.

[Equipe ASN, Fabiana Lopes]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox