Notícias Adventistas

Mutirão comunitário atende famílias carentes

Um mutirão comunitário atendeu cerca de 150 pessoas do Setor Universitário em Goiânia, GO.

Goiânia, GO [ASN] Um mutirão comunitário atendeu cerca de 150 pessoas, a maioria de baixa renda, do Setor Universitário em Goiânia, GO.

Uma delas foi o senhor Antônio Teixeira, de 48 anos, que não conhecia a Igreja Adventista e o fato da mesma estar oferecendo um mutirão social chamou sua atenção. “Um amigo meu estava passando pela rua aqui dessa igreja e depois me perguntou se eu queria cortar o cabelo. Eu disse que queria aí ele falou que aqui estavam cortando de graça. Fazia tempo que eu não cortava o cabelo, nem ia ao dentista, foi muito bom ter vindo”, comemora Teixeira.

Antônio também saiu de lá com cinco camisas e com a certeza de que quer visitar a igreja outras vezes.

A ação comunitária foi promovida pela Assistência Social Adventista (ASA) da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) do Setor Universitário. Eles ofereceram aplicação de flúor para as crianças, oficina de escovação, corte de cabelo masculino e feminino, doação de roupas, calçados e acessórios, orientação jurídica, orientação nutricional, orientação psicológica, oração, além de aferir a pressão arterial e conferir o índice glicêmico dos participantes.

Nastia Coelho, diretora da ASA do local, afirma que a ideia de fazer o mutirão comunitário dentro da igreja surgiu ao lembrar da justificativa de construir uma igreja no bairro, levar a pregação do evangelho de todas as formas. “Aqui não funciona só uma igreja, é o espaço Novo Tempo neste bairro, isso é uma referencia na região. Nós temos muito o que oferecer para a comunidade. Eu me sento privilegiada, porque Deus está me concedendo esta oportunidade de trabalhar em prol de Seus filhos. Eu não me sinto capacitada, oro a Deus diariamente para me ajudar, porque a obra é dEle”, ressalta Nastia.

Nastia convidou diversos profissionais e estudantes da região para ajudar como voluntários. Cerca de cinquenta pessoas ajudaram no projeto.

Kleber Rodrigues é estudante de odontologia, assim que recebeu o convite para participar do projeto chamou também os amigos do curso.

Kleber Vinícius Rodrigues é estudante de odontologia em uma das universidades do bairro, apesar de não ser adventista ele decidiu ajudar, pois acha fundamental para a comunidade esse tipo de ação. “Uma amiga aqui da igreja me convidou para fazer parte do mutirão e pediu para que eu chamasse alguns amigos para ajudar nessa ação social na parte de odontologia. Estamos oferecendo oficina de escovação e tirando algumas dúvidas das pessoas. Eu acho maravilhoso esse tipo de ação, é super importante, inclusive eu participo direto, porque muitas pessoas não têm o hábito de frequentar o dentista e carecem de muitos conhecimentos”, adverte o estudante.

Elizabeth Tomielo também participou como voluntária do projeto. Ela é formada em enfermagem e trabalha como bombeira em Goiânia. De acordo com ela todos os projeto da Igreja são úteis e validos, mas esse é especial porque atende as necessidades físicas das pessoas, além de auxiliar na saúde pública e oferecer roupas e alimentos à comunidade. “Eu estou observando que realmente as pessoas que estão passando por aqui, elas não tem noção de algumas coisas básicas da área de saúde. Apesar da igreja estar localizada em um bairro relativamente nobre da cidade, a maioria das pessoas que me procuraram até agora são pessoas realmente carentes, que necessitam do beneficio que o projeto está oferecendo”, celebra a funcionária pública.

A IASD do Setor Universitário também tem um coral infantojuvenil que atende as crianças da comunidade. O coral é como uma aula de musica para a criançada e é totalmente gratuito. As professoras do coral aproveitaram o mutirão para convidar as crianças e apresentar o projeto aos pais, com isso mais cinco decidiram participar.

Resultado esperado na Semana Santa

A igreja decidiu realizar a ação social antes da Semana Santa para convidar os participantes para fazer parte da programação especial que a igreja está organizando para essa data.

Andreia Marinho, diretora do Ministério Pessoal do local, responsável pela programação da Semana Santa também ajudou a organizar o mutirão e destacou que a ideia foi tornar possível levar às pessoas o amor de Jesus. “Para levar o amor de Jesus nós precisamos primeiramente conhecer as pessoas e atender as necessidades delas. Nós queremos fazer amizade com essas pessoas e auxiliá-las no que for preciso. Muitos tem medo e receio de entrar na igreja, mas abrindo as portas e oferecendo um serviço é um meio de fazer essas pessoas quebrarem o preconceito”, aconselha Andreia. 

Próxima ação

Dia 23 de abril, das 9h às 12h, vai ser realizado o mesmo mutirão comunitário para atender as pessoas do Setor Leste Vila Nova em Goiânia, GO. O evento vai acontecer na IASD da Vila Nova, localizada na rua 208, número 466, e também vai oferecer cestas básicas para quem precisar. [Equipe ASN, Jéssica Veloso]

Veja Também

WordPress Image Lightbox