Notícias Adventistas

Jovens criam projeto na Ucrânia inspirados no Geração 148

Na Ucrânia, jovens adventistas se motivaram a servir ao próximo a partir do exemplo brasileiro

 

Jovem ucraniana ensina sobre saúde para menino. Crédito: cortesia de Simon Bykov

Jovem ucraniana ensina sobre saúde para menino. Crédito: cortesia de Simon Bykov

Kiev, Ucrânia … [ASN] Curioso, um rapaz se aproximou do grupo de jovens que assistia a um filme em um parque público, em Mykolaiv, no sul da Ucrânia, na semana passada.

“Quanto custa para assistir?”, ele perguntou ao líder do grupo adventista do sétimo dia, Nazary Prodanyuk.

“Nada”, Prodanyuk respondeu.

“Como assim?”, o jovem indagou. “Eu quero, pelo menos, comprar-lhe uma garrafa de cerveja”.

Prodanyuk e sua equipe de onze jovens receberam ofertas de sorvete, bebidas e outras dos desconhecidos que não podiam crer que não teriam de pagar para se unir às suas atividades no parque ucraniano, nas margens do rio e nas igrejas. Em outra exibição do filme, uma jovem jogou uma cédula no chão quando os organizadores se recusaram a aceitá-la, dizendo: “Eu não posso assistir ao filme de graça”.

Leia também:

“As pessoas ficam chocadas, pois não estão acostumadas a ver gentileza sem que haja um interesse por trás”. Prodanyuk, um estudante universitário com uma barba vermelha cerrada, disse à Adventist Review.

Mas Prodanyuk e sua equipe costumam encontrar uma forma de assegurar aos convidados que eles não devem nada. No caso da jovem que jogou a cédula, Prodanyuk lhe disse que a exibição do filme e a discussão subsequente foram organizadas por um grupo de jovens cristãos chamado de Strong Generation.

“Expliquei-lhe um pouco sobre o grupo e sobre Deus”, Prodanyuk disse. “Ela pegou minha mão, apertou-a e disse: ‘Obrigada. O mundo esqueceu o significado da gentileza’”.

Os jovens que pertencem à Strong Generation estão abalando a Ucrânia com seus atos de bondade – o que também aponta Cristo às pessoas. Inspirados por uma iniciativa similar no Brasil (Geração 148), a Strong Generation (Сильне Покоління) foi estabelecida em 2014, com um grupo inicial de 140 jovens adultos. Hoje o grupo conta com 600 membros, em 30 cidades da Ucrânia. Os jovens viajam de uma cidade para outra, de uma igreja para outra, realizando cultos e organizando eventos na comunidade, incluindo seminários sobre saúde e concertos de caridade para doentes e órfãos.

Os líderes da igreja disseram que os jovens adultos estarão na vanguarda quando a igreja mundial adventista realizar grandes reuniões de evangelismo na Ucrânia, Romênia, Moldávia e nos países vizinhos, em fevereiro de 2017. Eles organizarão eventos onde possam convidar pessoas para assistir às reuniões, em vários lugares na Ucrânia.

Porém, o alvo principal da Strong Generation é incentivar os jovens a falar ativamente de Jesus em sua comunidade e preparar uma nova geração de adventistas fiéis, os líderes disseram.

“Os resultados têm sido promissores no sul da Ucrânia, onde a Igreja Adventista tem apenas cerca de 500 jovens entre 16 e 33 anos entre os 4.600 membros da igreja”, disse Simon Bykov, diretor do Ministério Jovem da Associação do Sul da Ucrânia.

“No período soviético, as pessoas criam que as igrejas eram lugares escuros e estranhos e muitos ainda têm esse conceito”, Bykov explicou na entrevista, em seu escritório na sede da Associação, em Mykolaiv, cidade com quase meio milhão de pessoas e o principal centro estaleiro do Mar Negro. “Mas, devido a esse projeto, as pessoas estão vendo que a religião tem ideias interessantes e é útil na vida”.

Bykov contou de quatro jovens que são membros ativos de uma equipe da Strong Generation em Kherson, cidade localizada a uma hora de carro ao sul de Mykolaiv. No último verão, os quatro jovens vieram para o evento adventista, na cidade ribeirinha e, apreciando a atividade, pediram para se envolver.

“Eles nos disseram: ‘Desejamos trabalhar com você e ser membros de sua equipe’”, Bykov disse. “Um ano depois, eles estavam ativos na igreja recebendo estudos bíblicos com o pastor.”

Na cidade vizinha de Hola Prystan, um jovem casal voltou para a igreja adventista depois de participar de um evento da Strong Generation.

O marido disse a Bykov: “Pensávamos que na igreja havia apenas orações e leitura da Bíblia. Mas percebemos que a igreja também diz respeito a jovens e a ajudar os outros”.

Vários jovens falaram com entusiasmo a respeito de seu trabalho com a Strong Generation.

“Nossa equipe é fantástica”, disse Violetta Bespekhana, 20 anos, que frequentou o evento da Strong Generation como convidada no ano passado. Ela já foi batizada e agora é membro da equipe da Igreja Adventista do Sétimo Dia nº 3 de Mykolaiv. “É maravilhoso para os jovens adventistas ser capazes de ajudar uns aos outros”.

 O exemplo brasileiro

Voluntários do Geração 148 realizam trabalho comunitário em escola municipal.

Voluntários do Geração 148 realizam trabalho comunitário em escola municipal.

Na Ucrânia, os jovens adventistas estão encontrando formas práticas de falar de Jesus, seguindo o exemplo dos jovens brasileiros. O grupo de jovens Geração 148, cujas raízes brasileiras foram compartilhadas no grupo de jovens Strong Generation, extraiu seu nome de Romanos 14:8, que diz: “Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. Quer, pois, vivamos ou morramos, somos do Senhor”.

“O projeto tem por objetivo fortalecer o relacionamento entre os jovens adventistas e construir sua experiência missionária incentivando-os a convidar amigos não adventistas e não cristãos para saber mais sobre Cristo através de atividades do grupo”, disse Elmar Borges, diretor do Ministério Jovem da Igreja Adventista no sul do Brasil.

O Geração 148, que tem como alvo os jovens entre 15 e 25 anos, iniciou na região sul do Brasil, nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, mas se expandiu para outras regiões dos países sul-americanos. Os jovens visitam orfanatos e asilos, reformam casas e praças da cidade, e alimentam os moradores de rua.

Os líderes da igreja brasileira não possuem dados exatos de quantas pessoas estão atualmente envolvidas no projeto. “Mas o número é significativo, levando-se em conta que mais da metade de todos os adventistas na América do Sul têm menos de 34 anos”, disseram.

Borges disse que os princípios da Geração 148 podem ser adotados pelos jovens adventistas de qualquer país.

“Mesmo que estejamos a milhares de quilômetros uns dos outros, sentimos que as necessidades dos jovens são similares em todas as partes do mundo”, disse ele. “Então, projetos como o Geração 148 se aplicam a todas as culturas. O jovem precisa se sentir desafiado pela missão adventista. Ele necessita fortalecer a amizade e a interação na igreja. Esses projetos satisfazem essas necessidades”. [Equipe Adventist Review, Andrew McChesney]

Veja vídeo promocional sobre o projeto Geração 148:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox