Notícias Adventistas

Igreja intensifica atendimento a refugiados

Estatística da Acnur aponta que uma em cada 113 pessoas no mundo é solicitante de refúgio, deslocada interna ou refugiada

Milhares de famílias já precisam deixar seus lares para fugir de guerras e de outras situações enfrentadas em seus países (Foto: Shutterstock)

Silver Spring, Estados Unidos… [ASN] De acordo com relatório divulgado recentemente pela Agência da Nações Unidas para Refugiados (Acnur), “o deslocamento forçado causado por guerras, violência e perseguições atingiu em 2016 o número mais alto já registrado.”

O relatório Tendências Globais “revela que ao final de 2016 havia cerca de 65,6 milhões de pessoas forçadas a deixar seus locais de origem por diferentes tipos de conflitos – mais de 300 mil em relação ao ano anterior. Esse total representa um vasto número de pessoas que precisam de proteção no mundo inteiro”. E mais, o número de refugiados, de 22,5 milhões, é apontado pelo organismo como o maior de todos os tempos.

Leia também:

Com base neste cenário global, organizações como a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) e outros ministérios adventistas de apoio, têm intensificado seu trabalho para fazer a diferença na vida dessas pessoas. O informativo da agência mundial de notícias da Igreja Adventista desta semana mostra as ações destes ministérios e de fiéis em Lampedusa e Castel Volturno, na Itália, em Erbil, no Iraque, e em Oinofyta, na Grécia. [Equipe ANN, Márcio Basso]

Veja no vídeo abaixo:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox