Notícias Adventistas

Geladeira Solidária mobiliza comunidade para ajudar pessoas em Belém

Membros da Igreja Adventista e vizinhos da comunidade abastecem a geladeira diariamente

Geladeira solidária

Geladeira Solidária atende moradores de rua e transeuntes (Foto: Anne Seixas)

Belém, PA … [ASN] Foi inaugurada no bairro Umarizal, em Belém, no Pará, a segunda Geladeira Solidária do município. O objetivo é conectar a comunidade que vive nas proximidades do templo adventista na região. Segundo o pastor Wendson Loureiro, responsável pela congregação, é a oportunidade ideal para que os membros que possuem recursos financeiros encontrarem uma maneira de ajudar aqueles em necessidade. A cada dia em que a geladeira fica disponível na calçada, cerca de 50 pessoas, entre moradores de rua, trabalhadores e pessoas necessitadas, são atendidas com alimento fresco, frutas e sucos.

Leia também:

Vizinhos e moradores que passam pelo local onde fica a geladeira veem o projeto se sensibilizam de forma espontânea e também a abastecem. Ao lado do posto de alimentos tem sempre uma bancada com livros missionários. A ideia é que não somente o corpo seja alimentado, mas também o espírito. Ainda de acordo com Loureiro, é um trabalho em equipe. A primeira unidade, localizada no bairro da Cidade Velha, fica disponível durante quatro dias da semana. A nova ainda está em processo de implantação e atende as pessoas em apenas um dia.

Voluntários pretendem atender até 50 pessoas a cada dia (Foto: Anne Seixas)

“A Geladeira Solidária vem numa vertente de pensamento múltiplo. Ela não está simplesmente focada naquele que passa necessidade alimentar. Ela está preocupada também com aquele que é abastado, considerando que nossas igrejas estão numa região central de Belém. Então são pessoas que têm possibilidade de auxiliar os necessitados, mas não sabem como fazer. De outra forma, também, estas mesmas pessoas não receberiam livros do Impacto Esperança, mas receberam quando fomos falar do projeto”, explica Loureiro. Dessa forma, o conceito de discipulado se integra e toda a comunidade é beneficiada, argumenta.

Quem recebe os alimentos disponíveis elogia o projeto. Maria dos Santos acompanhava a filha que estava internada em um hospital público próximo ao local do projeto. “Eu achei bom. A gente “tá” aqui na Casa de Apoio com o paciente e agora ela ficou feliz porque eu levei o lanche pra ela. Eu estava sem dinheiro para comprar e para mim é um prazer vocês ajudarem a gente”, afirma a moradora do município de Breves.

A Geladeira Solidária apela ainda para o não desperdício de alimentos. São aceitos todo tipo de refeição em bom estado de conservação. Frutas, bolos, pães, lanches e sucos podem ser disponibilizados para a comunidade local. O projeto conta ainda com o apoio da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA). [Equipe ASN, Anne Seixas]

Postos da Geladeira Solidária:

Av. 16 de Novembro, 712, Cidade Velha, Belém

R. Oliveira Belo, 515 – Umarizal, Belém

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox