Notícias Adventistas

Chuvas provocam emergências no Peru e Agência Adventista age

Voluntários da ADRA Peru já entraram já estão auxiliando pessoas em regiões vulneráveis de Chosica.

26 de março de 2015
Chuvas-provocam-emergencias-no-Peru-e-Agencia-Adventista-age

Voluntários da ADRA Peru já entraram em ação nas regiões vulneráveis de Chosica.

Lima, Peru…[ASN] Na segunda-feira, 23 de março, devido às chuvas intensas no norte da cidade de Lima – distrito Chosica -, no Peru, 13 riachos transbordaram e provocaram enxurradas com consequências fatais, destruição de casas, interrupção das vias de comunicação, desaparecimento de pessoas e até mesmo mortes, sendo que muitas das vítimas foram levadas pelo rio Rímac e até o momento não foram encontradas.

Assim que ocorreu a catástrofe, a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA Peru) informou que foi organizada a primeira reunião do centro de Operações Emergenciais Nacional (Coen) com o prefeito do distrito afetado e com o secretário de Defesa Civil. Nessa reunião, a ADRA manifestou a disposição da Agência de oferecer apoio humano, bem como prover água e alimentos. Um grupo de voluntários da Ação Solidária Adventista (ASA) está ajudando na remoção dos escombros e na limpeza das regiões como Yanaco e Santa María. No entanto, ainda há necessidade de ajuda solidária, anunciaram as fontes da Agência.

O pastor Paulo Lopes, diretor da ADRA para oito países da América do Sul, se encontra na região e informou que a zona afetada está inacessível, mas o coordenador de emergências da ADRA Peru, Victor Huamán, conseguiu passar levando a ajuda, que inclui alimentos aos mais necessitados. Até o momento, 20 voluntários estão prestando ajuda na zona da catástrofe. Entre eles estão jovens desbravadores e líderes dos Aventureiros. Até mesmo estudantes de medicina, e também convidados da Universidade Loma Linda, se ofereceram como voluntários para ajudar as famílias que perderam tudo.

Veja a galeria de imagens:

 

Relatório

Os meios de comunicação locais informaram que o Poder Executivo peruano oficializou a declaração de emergência por 60 dias para o distrito afetado. O propósito é executar medidas de exceção imediatas e necessárias de resposta e de reabilitação nas regiões atingidas pelas enxurradas. [Equipe ASN, Isabel Asca e Cárolyn Azo]

Veja o vídeo da campanha de doação (em espanhol):

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox