Notícias Adventistas

Álcool é tema de campanha adventista em escolas

Adventistas de Caldas Novas, GO, se juntam para falar sobre os perigos da bebida alcoólica em escola da cidade.

d89caad9-890f-42f8-b585-022ad0c027b7

A psicóloga Iaralanda Dumont instruiu os alunos sobre o tema.

Caldas Novas, GO… [ASN] Os estudantes de uma escola particular de Caldas Novas, GO, receberam na última semana, uma apresentação sobre os perigos do uso de drogas, incluindo a bebida alcoólica. A iniciativa foi da adventista Alessandra Frigatti, que viu na escola dos filhos uma oportunidade de divulgar os projetos da Igreja Adventista e ajudar a sociedade.

Alessandra é pedagoga e segunda ela, desde quando foi morar na cidade decidiu que o seu talento seria usado para falar sobre o amor de Deus, inclusive na escola das suas crianças. “Na escola dos meus filhos tem apenas quatro adventistas, por isso eu ofereço todos os projetos da Igreja que envolvem as crianças, já realizei diversas semanas especiais por lá co a garotada”, expõe Alessandra.

Foi assim que a campanha Quebrando o Silêncio chegou a mais uma escola. Em Goiás, diversas escolas públicas e particulares vão receber os materiais do projeto. A escola particular de Caldas Novas foi a primeira a receber o projeto, além de uma psicóloga conversar com os alunos sobre o tema e trabalhar algumas dinâmicas, eles levaram para casa a revista infantil e também o periódico dos adultos da campanha deste ano.

064448ff-1eb1-4630-a323-e1a851bfea1b

Dinâmica sobre pressão de grupo mostrou para os estudantes os perigos de experimentar bebidas alcoólicas ou outras drogas devido a influência de outras pessoas.

De acordo com Cristina Pereira da Silva, coordenadora da escola, a repercussão do projeto foi muito positiva. “Alguns pais comentaram comigo que as crianças chegaram em casa falando sobre o tema, advertindo e contando o que havia acontecido na escola. Poucas pessoas param para ensinar as crianças a dar a elas a devida atenção. Esse é um projeto muito valido”, agradece Cristina.

Elimara Moreira, diretora do Ministério da Mulher em Goiás destaca que desenvolver esse trabalho nas escolas é uma forma de evangelizar. “Trabalhar a campanha Quebrando o Silêncio com as crianças de uma escola pode abrir portas para outros projetos da Igreja, como por exemplo, a Escola Cristã de Férias, e depois quem sabe, o estudo da Bíblia com os os funcionários, professores e pais. Ali é um ambiente propício para levar o amor de Deus e falar da salvação em Jesus”, recomenda Elimara.

O auge da campanha será no próximo sábado, dia 27 de agosto, onde diversas Igrejas Adventistas vão distribuir os materiais da campanha pelas ruas, além de realizarem passeatas alertando sobre os perigos do uso de drogas e tendas de oração em algumas praças. Em todo o estado, a campanha vai continuar com um trabalho voluntário nas escolas durante o decorrer do ano. [Equipe ASN, Jéssica Veloso]
Fotos: Colaborador local

Veja Também

WordPress Image Lightbox