Notícias Adventistas

Iniciativa oferece emissão de documentos e atendimento médico em Belém

Fruto de parcerias, ação beneficiou cerca de 900 pessoas que vivem em bairro carente da capital paraense

Mais de 100 pessoas puderam emitir documentos durante o dia (Foto: Anne Seixas)

Belém, PA … [ASN] Uma ação comunitária realizada em Belém do Pará ofereceu à população serviços de saúde básica, exames médicos e emissão de documentos, como Certidão de Nascimento, Registro Geral e Carteira de Trabalho. A iniciativa, realizada no dia 2 de julho, foi resultado de uma parceria entre o Ministério Público do Trabalho, Tribunal de Justiça do Estado do Pará, Federação dos Empreendedores Adventistas do Pará e a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA).

Leia também:

De acordo com Vanderlei Oliveira, juiz da Terceira Vara da Infância e Juventude de Belém e idealizador do evento, foram oferecidos serviços de saúde preventiva, como orientações sobre os oito remédios naturais, bem como atendimentos médicos na área de cardiologia, pediatria, odontologia e clínica geral. Quem passou por lá também pode fazer exames de eletrocardiograma e ultrassonografia. No entanto, o magistrado explica que a grande procura foi pelos serviços documentais oferecidos.

Crianças receberam aplicação de fluor gratuitamente (Foto: Anne Seixas)

O palco do atendimento foi a sede do projeto Reescrevendo Nossa História, gerenciado pela ADRA Brasil, que atende jovens egressos do sistema socioeducativo. Ali são oferecidos cursos profissionalizantes e atividades recreativas para reinserir jovens infratores na sociedade. O promotor de justiça do Estado do Pará, Sandoval Silva, ressalta a relevância de promover um projeto como esse. “A importância de resgate da cidadania, a importância de aproximação, de trazer um sentimento de solidariedade, de movimentar as pessoas, de trazer esperança, porque, por incrível que pareça, a população brasileira é tão carente que às vezes para tirar uma Carteira de Trabalho, para conseguir uma carteira de identidade, já o inspira novamente”,  reforça Silva.

Entre os serviços médicos básicos, as gestantes puderam fazer o exame de ultrassonografia. Adriana Maia tem 22 anos e espera seu terceiro filho. Durante a ação comunitária, pode ver o seu bebê pela segunda vez durante os oito meses de seu pré-natal, além de tirar sua primeira Carteira de Trabalho. Para ela, ter esse serviço oferecido próximo de casa fez toda a diferença. “Achei muito bom porque hoje em dia a gente tem que enfrentar muitas filas, acordar cedo para tirar a Carteira de Trabalho. Achei muito bom”, ressalta a dona de casa, uma das cerca de 900 pessoas beneficiadas ao longo do dia.

Para o pastor Adriano Aureliano, diretor da ADRA no Estado do Pará, abrir o espaço para a vizinhança vai aproximar e favorecer o entorno do bairro do Una. “Hoje é um abrir de portas para a comunidade e nós estamos muito satisfeitos com o resultado que estamos tendo nesse dia”, pontua Aureliano após o primeiro evento comunitário do projeto. [Equipe ASN, Anne Seixas]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox