Notícias Adventistas

Clube de Desbravadores resgata jovem das drogas

Dia Mundial do Desbravador é comemorado em 17 de setembro e relembra a relevância do programa na formação de crianças e adolescentes

O Clube de Desbravadores existe oficialmente desde 1950 e, atualmente, está presente em 160 países e conta com dois milhões de participantes (Foto: Acervo/USeB)

O Clube de Desbravadores existe oficialmente desde 1950 e, atualmente, está presente em 160 países e conta com dois milhões de participantes (Foto: Acervo/USeB)

Belo Horizonte, MG… [ASN] Paulo Henrique estava com 14 anos quando começou a usar e vender drogas em um bairro da periferia de Santa Luzia, na região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). Passando dificuldades financeiras em casa, sofrendo pela ausência do pai e com uma curiosidade insaciável, passou a trocar o dia pela noite na companhia de seus parceiros de negócio. Ao todo, eram 11, agora só restaram ele e mais um. Os outros foram assassinados.

Paulo Henrique teve a vida transformada ao conhecer o Clube de Desbravadores

Paulo Henrique teve a vida transformada ao conhecer o Clube de Desbravadores

Quando estava com 16 anos, Paulo conheceu um grupo de adolescentes, do qual o seu sobrinho fazia parte. Eles andavam com lenço amarelo no pescoço tocando fanfarra e fazendo ordem unida. Eram meninos do Clube de Desbravadores Alecrim, do bairro São Paulo, na capital mineira. A rotina deles era diferente da que Paulo vivera até então: acampavam, estudavam a Bíblia, se preocupavam com a saúde.

Leia também:

Os adolescentes pareciam ser gente tão honesta, tão feliz que, se não fosse por seu sobrinho, Paulo passaria bem longe daquele grupo, por sentir vergonha. Mas, logo, ele fez dois grandes amigos no clube, que o ajudaram a se desligar da sua realidade cercada por drogas.

“Antes de entrar no clube eu repeti o primeiro ano [do ensino médio] três vezes. Quando eu conheci o clube eu passei a estudar, me formei e hoje comecei a fazer faculdade”, recorda Paulo ao destacar os benefícios que o Clube de Desbravadores trouxe para sua vida. “Hoje eu sou um bom filho, sou pessoa digna, honesta e é por isso que eu incentivo os meus sobrinhos a participarem do clube, foi lá que eu conheci a Cristo e pude ser o que eu sou hoje”, afirma.

No terceiro sábado de setembro, a Igreja Adventista comemora o Dia Mundial do Desbravador. A relevância do papel social exercido pelo programa levou o poder público de Belo Horizonte a sancionar, no ano passado, a Lei 10.844, que institui o Dia Municipal dos Desbravadores, vivenciado em 20 de setembro.

Programa desenvolve senso de cidadania

O Clube de Desbravadores é um programa da Igreja Adventista do Sétimo Dia que existe oficialmente desde 1950 e, atualmente, está presente em 160 países e conta com dois milhões de participantes. As crianças podem ingressar no clube quando completam dez anos. Não é preciso ser membro da Igreja Adventista. O clube promove encontros semanais, geralmente aos domingos. As atividades abrangem programas culturais, de recreação e projetos comunitários. O objetivo é promover integração e desenvolver talentos, a ética o senso de cidadania e também os aspectos físico e mental e espiritual dos jovens. [Equipe ASN, Fernanda Beatriz]

Abaixo, veja a galeria com algumas imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox