Notícias Adventistas

Voluntários traduzem estudo bíblico “Ouvindo a Voz de Deus” para dialeto crioulo

Objetivo foi facilitar o processo de aprendizagem das escrituras por parte dos imigrantes haitianos.

IMG_3330

Estudos bíblicos acontecem todos os domingos à noite, antes do horário de culto, e recebem um grupo de 11 haitianos.

Bento Gonçalves, RS… [ASN] Transmitir estudos bíblicos de fácil compreensão para os estrangeiros, era uma preocupação de fiéis da igreja adventista em Bento Gonçalves, RS. O grupo composto por um obreiro bíblico, um instrutor haitiano e mais quatro fiéis (brasileiros e haitianos), sentia que não era necessário apenas transmitir o conteúdo no dialeto original dos imigrantes, mas, também, disponibilizar o próprio estudo bíblico na língua materna. Com esta ideia em mente, o grupo transformou o estudo “Ouvindo a Voz de Deus”, no dialeto crioulo.

A versão original do estudo bíblico “Ouvindo a Voz de Deus” contém 27 capítulos que envolvem os principais aspectos da crença observada pela Igreja Adventista do Sétimo Dia. Ali são tratados assuntos como: a origem do mal, o plano de salvação, o sábado, dízimos e ofertas, a verdade sobre a morte, salvação pela graça, leis na bíblia, entre outros.

Mas, para facilitar a dinâmica com o grupo, os 27 itens de estudo foram condensados em 13 capítulos e todos traduzidos para o dialeto crioulo. Até mesmo a diagramação do material, permaneceu similar ao original. “Sabíamos que nossa ideia era boa, mas também sabíamos que daria muito trabalho! Mas este é um trabalho que vale a pena”, disse o instrutor bíblico, Celso Alves da Silva Rodrigues.

estudo

Grupo de fiéis desenvolveu estudo bíblico em crioulo com o objetivo de facilitar o aprendizado dos imigrantes.

A dinâmica de tradução do material exigiu um bom trabalho em grupo. Primeiramente, Rodrigues, o obreiro bíblico, condensou o conteúdo em 13 estudos. Depois, os textos passaram para as mãos de Joel Guerville, , o instrutor haitiano que se voluntariou a dirigir o projeto como tradutor. Guerville, traduziu os textos do português para o crioulo e, em seguida, o conteúdo voltou para as mãos do obreiro bíblico e foi diagramado de acordo com o projeto gráfico original.

O próximo passo foi a revisão e por fim, a impressão. De forma paralela, também foram conduzidas pesquisas bíblicas e recrutamento dos interessados. “Ninguém fez nada sozinho, houve um envolvimento grande e uma troca de ideias de todos os integrantes do grupo em cada parte do processo, isso fez com que houvesse um desenvolvimento harmonioso neste projeto”, acrescenta Rodrigues.

Bíblias em português, inglês, espanhol e crioulo também foram disponibilizadas. A sede da igreja adventista para o centro do Rio Grande do Sul, também disponibilizou nove bíblias em francês para o grupo. Reuniões acontecem todos os domingos às 18 horas 30 minutos, na igreja adventista do bairro Conceição em Bento Gonçalves. No momento, 11 haitianos participam do estudo. A primeira aula aconteceu no domingo, 05 de junho. [Equipe ASN, Andréia Silva]

Veja mais algumas fotos:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox