Notícias Adventistas

Família se muda para vilarejo remoto do Alasca para falar de Jesus

Série apresentada pelo presidente mundial adventista mostra contrastes da missão ao redor do mundo para inspirar membros

familia-enfrenta-baixas-temperaturas-no-alasca-para-falar-de-jesus2

Tony atua como profissional de saúde na clínica da vila e aproveita todas as oportunidades para conversar sobre Cristo (Foto: Reprodução / Youtube)

Brasília, DF… [ASN] É no vilarejo de Shungnak, uma área remota do nordeste do Alasca, nos Estados Unidos, que Anthony Sherman vive com sua família. Eles aceitaram o desafio de servir como missionários na localidade que conta com apenas 256 habitantes, não possui estradas que leve a qualquer vila vizinha e tem um clima glacial com temperaturas negativas durante boa parte do ano.

Leia também:

A rotina do casal integra o primeiro episódio da série Reavivados para a Missão (Revival for Mission, no original em inglês), produzido pela sede mundial adventista e apresentada pelo pastor Ted Wilson, presidente da denominação a nível global, que nos últimos anos tem reforçado a necessidade do envolvimento de cada membro no anúncio do retorno de Cristo.

“É maravilhoso ver em lugares distantes, em lugares em que às vezes não damos nada, o quanto o Espírito Santo está atuando na vida das pessoas. O objetivo é colocar pra fora essas experiências para que sejam uma inspiração para a família [adventista]”, destaca o pastor Williams Costa Jr., diretor mundial de Comunicação da Igreja Adventista e um dos idealizadores do projeto.

Pastor Ted Wilson viaja pelo mundo para mostrar o que missionários têm feito para abreviar o retorno de Cristo

Pastor Ted Wilson viaja pelo mundo para mostrar o que missionários têm feito para que mais pessoas conheçam sobre Jesus

Ao longo dos episódios, Wilson visita vários locais para contar histórias e trazer lições que inspirem e incentivem os membros a ser parte integral desse processo. Com isso, a proposta também é mostrar que Deus pode atuar através de seu povo se ele se mantiver unido e disposto a aceitar Seu chamado.

Realidades opostas

Foi exatamente isso o que fez com que a família Sherman aceitasse atuar em uma região com desafios, como a falta de logística e a distância de parentes e amigos. “Tem sido uma experiência super positiva pra gente porque estamos realizando a vontade de Deus. E não tem nada melhor do que isso: realizar a vontade dEle”, assegura o missionário, com um sorriso estampado no rosto.

Por outro lado, o primeiro vídeo da série mostra a realidade do que acontece na cidade de Nova Iorque, centro financeiro, cultural e turístico dos Estados Unidos. Ali, o projeto NY13 concentrou um esforço massivo no evangelismo urbano da região. Por meio de uma escola pioneira, os adventistas desenvolveram formas criativas de chegar à comunidade, como oferecer aulas de inglês e conferências de saúde, o que resultou em mais de cinco mil batismos.

“Nos sentimos sozinhos, mesmo em meio à multidão. Esse vazio só pode ser preenchido por Cristo. Nesse sentido, Nova Iorque é exatamente igual a Shungnak: parece vibrante, mas [concentra] pessoas necessitando de um Salvador”, constata Wilson, que nas narrações reflete sobre o papel da Igreja e de cada membro na expansão desse trabalho.

“A missão é aonde Deus chama. E às vezes Deus chama você para cumprir a missão do outro lado da rua ou em outro continente. Então, de uma maneira ou de outra, o presidente da Igreja mostra o que está acontecendo em diferentes partes do mundo e a gente espera que seja uma grande motivação e inspiração para as pessoas”, pontua Costa Jr. Para visitar a página oficial do projeto em português, clique aqui. [Equipe ASN, Jefferson Paradello]

Abaixo, veja o primeiro episódio:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox